Search
Thursday 24 September 2020
  • :
  • :

RJX vence Voltaço e mantém invencibilidade na Superliga‏

Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto

Na reedição da final do Campeonato Estadual, reedição também da vitória. Neste sábado, 2 de novembro, no ginásio Álvaro Vieira Lima, o RJX derrotou o Voltaço por 3 sets a 0 (22-20, 21-18, 21-17) e manteve a invencibilidade na Superliga após seis rodadas, com 18 pontos. Leandro Vissotto e Maurício, maiores pontuadores da noite com 15 cada, Bruninho e Thiago Alves se destacaram em quadra. Mas foi o líbero Mario Jr o eleito como melhor jogador da partida, levando para casa o troféu Viva Vôlei. Esses quatro últimos jogadores seguem para os treinos da Seleção Brasileira para a Copa dos Campeões, no Japão, entre 19 e 24 deste mês.

O próximo desafio do RJX será contra o Canoas, no Rio Grande do Sul, dia 26. Quatro dias depois, o adversário será o Brasil Kirin, em casa, no ginásio do Tijuca Tênis Clube. Apesar de não contar com quatro importantes jogadores durante mais de 20 dias, o técnico Marcelo Fronckowiak espera tirar proveito do período sem jogos pela Superliga e manter a evolução apresentada a cada dia pelo elenco.

“O jogo foi mais difícil do que eu imaginava, contra um time em franca evolução. RJX x Voltaço já se tornou um clássico nacional. Gostei muito do que vi no segundo set e estou gostando da dinâmica que o time está tomando. Faltou um pouco de atenção em alguns momentos de vantagem, para a partida ser mais fácil. Isso tudo vamos tentar corrigir durante essa pausa na competição, que será muito boa em termos de treinamentos para acertamos detalhes da equipe”, analisou.

Apoiado pela torcida, que correspondeu à entrada franca, o RJX manteve o controle de todo o jogo. No primeiro set, Bruninho alternou os ataques com Leandro Vissotto, que marcou seis pontos na parcial, e Maurício, que num determinado momento chegou a pontuar três vezes seguidas em jogadas de meio de rede e bloqueio. O aguerrido time do Voltaço não se entregou mesmo quando o placar apontava 12 a 8 para o Rio de Janeiro e chegou a empatar em 20 a 20. Para fechar o set em 22 a 20, Vissotto atacou o bloqueio na paralela e a bola foi para fora.

O segundo set começou com o RJX arrasador, abrindo 7 a 0, depois 10 a 3 com ace de Maurício e 17 a 12, em bloqueio de Ualas. O Voltaço fez bom uso dos tempos técnicos e equilibrou as ações, mas a vantagem nunca foi menor do que três pontos. O técnico Marcelo Fronckowiak aproveitou para dar rodagem à promessa Rodriguinho, ponteiro de apenas 17 anos, por alguns minutos, e quando voltou com os titulares o Rio de Janeiro fechou a parcial contando com erro de saque do time do Sul-Fluminense.

O RJX não voltou bem para o terceiro set e chegou a ficar três pontos atrás no início (2-5), mas melhorou após o tempo técnico e virou a partida em dois grandes momentos de Bruninho: um bloqueio simples e um levantamento preciso, ao seu melhor estilo, para o central Ualas cravar no chão. Thiago Alves foi preciso na última parcial, garantindo que a vantagem subisse gradativamente, até que no fim do jogo Maurício voltou a brilhar no meio de rede, fez o vigésimo ponto numa jogada técnica e garantiu a vitória com saque que desviou na rede e caiu na quadra no adversário.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x