Search
Monday 21 September 2020
  • :
  • :

Rússia, Itália e Japão, favoritos no grupo A feminino, estreiam sem problemas

Divulgação/FIVB

A rodada de estreia do grupo A da competição feminina do vôlei de quadra, nas Olimpíadas de Londres, aconteceu sem problemas para os favoritos Itália, Rússia e Japão, que derrotaram República Dominicana, Grã-Bretanha e Argélia, respectivamente. No jogo de abertura, a seleção nipônica atropelou as argelianas por 3 sets a 0, parciais de 25-15, 25-14 e 25-7.

O técnico Manabe utilizou como time titular a levantadora Yoshie Takeshita, a oposto Mai Yamaguchi, as ponteiras Saori Kimura e Saori Sakoda, as centrais Erika Araki e Kaori Inoue, além da líbero Yuko Sano. E quem mais pontuou foi a única atacante a jogar de titular durante todos os sets, já que comandante japonês promoveu um grande rodízio entre as atletas, devido à fragilidade do adversário. Kimura marcou 15 pontos, todos em ataques, com 53% de eficiência.

A Rússia entrou em quadra para enfrentar as donas da casa da Grã-Bretanha. Também sem problemas, o time superou as adversárias por 3 sets a 0, parciais de 25-19, 25-10 e 25-16. Entraram em quadra pela Rússia a levantadora Startseva, a oposto Ekaterina Gamova, as ponteiras Evgeniya Artamonova-Estes e Natalia Goncharova, as centrais Perepelkina e Borodakova, além da líbero Kryuchkova.

Goncharova foi o destaque do time, com 14 acertos. Foram 11 em ataques (50%), dois em bloqueios e um ace. Gamova veio na sequência com 13: 10 em ações ofensivas (50%), um de bloqueio e dois aces. Sokolova entrou em todos os sets no lugar de Goncharova, e marcou um ponto. A equipe do técnico Sergei Ovchinnikov, além da boa atuação no ataque, quase não errou: foram apenas nove falhas, contra 26 das adversárias.

E para encerrar o dia de abertura do grupo A, Itália e República Dominicana, de Marcos Kwiek, fizeram a partida mais equilibrada. O time de Francesca Piccinini e companhia superou as caribenhas por 3 sets a 1, parciais de 25-17, 23-25, 25-19 e 25-15. A estrela italiana, aliás, começou os Jogos no banco de reserva: Carolina Costagrande e Antonella Del Core são as escolhidas do técnico Massimo Barbolini para as pontas. Lo Bianco foi a levantadora, com Caterina Bosetti como oposto, Valentina Arriguetti e Simona Gioli no meio, com Paola Croce como líbero.

O destaque do jogo foi a central Gioli. com 19 pontos, sendo 13 em ataques (59%) e seis em bloqueios. Costagrande e Arriguetti vieram na sequência com 16 pontos cada: a ítalo-argentina marcou 15 em ataques (31%), enquanto a meio contribuiu com 13 (72%).

Pela República Dominicana, Kwiek escalou Echenique, Mambru, Bethania de la Cruz, Milagros Cabral, Annerys Vargas, Arias e Castillo de líbero. E a capitã Cabral, que foi poupada durante a Copa Pan, voltou com tudo ao pontuar 19 vezes: 17 em ataques (47%), um de bloqueio e um ace. De la Cruz veio na sequência com 14, sendo 13 em ataques (28%).

Segunda rodada do grupo A, segunda-feira, dia 30/07

10h45: Rússia vs. República Dominicana
16h: Itália vs. Japão
18h: Grã-Bretanha vs. Argélia

 

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x