Search
Thursday 22 October 2020
  • :
  • :

Sada Cruzeiro atropela Minas e é o primeiro finalista da Superliga

Sada vai pra quinta decisão seguida de Superliga (Foto: Divulgação/CBV)

Sada vai pra quinta decisão seguida de Superliga (Foto: Divulgação/CBV)

Depois de perder a partida de ida, o Minas contava com sua fanática torcida para se manter vivo na semifinal da Superliga masculina de vôlei. O público compareceu em excelente número, mas faltou “avisar” o Sada Cruzeiro: com um volume de jogo absurdo, o time do técnico Marcelo Mendez venceu os rivais de Belo Horizonte novamente e está na grande decisão do torneio.

Em cerca de 1h21 de jogo, o Sada marcou 3 sets a 0, parciais de 25-22, 25-11 e 25-19. Com 16 pontos, o cubano Leal foi quem mais colocou bolas no chão durante ao partida, recebendo assim o prêmio de melhor em quadra. Seus companheiros de equipe, Wallace (15) e Filipe (12) apareceram logo na sequência.

Para se ter uma ideia de como o Minas foi anulado nesta segunda (30), o maior pontuador da equipe foi Bruno Canuto, com 8 acertos. Bola de segurança do time, Escobar conseguiu apenas sete. Nos aces, um novo show: oito para os cruzeirenses, contra nenhum da equipe da casa. Nos ataques, o placar ficou em 43 a 28.

Esta será a quinta final de Superliga consecutiva do Sada, que se sagrou campeão na temporada passada e em 2011/2012. Agora, o time aguarda apenas a definição de seu adversário para o duelo do dia 12, no Mineirinho: Sesi ou Funvic/Taubaté, que fazem o segundo confronto nesta terça (31) – em caso de vitória da equipe da Vila Leopoldina, a equipe se classifica para repetir a decisão de 2013/2014.

Ciente de que o Minas partiria com tudo desde o início da partida, o Sada decidiu também mostrar um jogo bem agressivo desde o primeiro saque. A tática surpreendeu os donos da casa, que logo se viram em considerável desvantagem no placar. Na garra de Everaldo, o Minas até esboçou uma reação, mas um saque pra fora de Otávio acabou com a primeira parcial.

Sair na frente permitiu que o Sada se arriscasse ainda mais, para desespero dos minas-tenistas. Leal, por exemplo, passou a virar tudo, construindo uma diferença que fez o time de Nery Tambeiro ficar perdido em quadra. Não havia bola perdida para os visitantes, o que fazia a torcida celeste presente à Arena Minas delirar. Um ace de Felipe provocou o 2 a 0 no placar.

Nervoso, o Minas começou a terceira parcial ainda mais dominado e ainda “colaborava” com os rivais errando lances bobos. Melhor para o Sada, que mais uma vez foi abrindo uma diferença que no primeiro tempo técnico já era de 8 a 2. Tudo dava certo para os visitantes, que ainda seguraram uma última cartada do Minas com uma boa passagem no saque de Everaldo para ir a uma merecida decisão.

Em entrevista ao SporTV, Leal atribuiu essa contundente vitória aos treinos. “Parece que foi fácil, mas o trabalho da semana foi forte para sair esse resultado”, afirmou o jogador. William, por sua vez, enalteceu os companheiros dessa e de outras temporadas. “É incrível o trabalho desse grupo. A gente sabia que seria complicado, mas essa é a nossa melhor fase do campeonato, todo mundo no 110%. Nosso time jogou como finalista. Dá pra sentir a energia de todo mundo que já esteve aqui”, destacou o levantador.

Já Everaldo do Minas lamentou a performance desta segunda, mas lembrou o excelente campeonato realizado. “Pelo jogo de hoje, saiu com um gosto triste. Sabíamos que podiamos jogar melhor, mas o Cruzeiro aplicou um saque muito forte e a gente não conseguiu sair disso. Pela Superliga toda, estamos de parabéns, pois este era um grupo novo que ninguém acreditava que chegaria onde chegou”, analisou.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x