Search
Monday 19 October 2020
  • :
  • :

Sada Cruzeiro e Sesi-SP disputam o título da Superliga neste domingo

Crédito: Alexandre Arruda/CBV

Crédito: Alexandre Arruda/CBV

 

 

Sada Cruzeiro (MG) e Sesi-SP estarão, a partir das 10h deste domingo (12/04), na disputa pelo título da Superliga Masculina de Vôlei 14/15. Os finalistas chegam a grande decisão após cinco meses e meio de competição e com a grande disponibilidade para subir ao lugar mais alto do pódio. A final acontecerá no ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte (MG), e terá transmissão ao vivo da TV Globo, do canal SporTV e da Rede TV.

 

Grandes nomes estarão em quadra, estrelas da modalidade se enfrentarão e dois técnicos campeões comandarão as equipes finalistas. Pelo Sada Cruzeiro, o levantador William, o oposto Wallace, os centrais Éder e Isac, os ponteiros Leal e Filipe e o líbero Serginho – todos atletas de destaque nos cenários nacional e internacional e comandados pelo treinador Marcelo Mendez, bicampeão da Superliga.

 

O Sesi-SP conta com quatro jogadores que estiveram na última edição do Campeonato Mundial, na Polônia, em setembro de 2014: o central Lucão, os ponteiros Murilo, Lucarelli e Maurício Borges. O técnico Marcos Pacheco, dono de três títulos da Superliga masculina, dirige o experiente grupo que ainda conta com o levantador Marcelinho, o oposto Theo, o central Riad e o líbero Serginho no time titular.

 

Comandante do time mineiro, que jogará em casa, diante de um Mineirinho lotado – todos os ingressos foram vendidos – Marcelo Mendez explica que nenhuma grande mudança é realizada nos últimos treinos antes da grande decisão.

 

“O trabalho foi feito durante todo o ano. Agora, são só pequenos detalhes sobre o time do Sesi-SP e sobre como nós temos que jogar contra eles. Fora isso, o trabalho está feito. Sabemos que é um jogo muito difícil. O time deles cresceu muito no playoff e temos que estar muito atentos”, disse Marcelo Mendez, que aposta em um duelo complicado.

 

“Considero toda e qualquer final muito perigosa. Vai ser uma batalha muito grande, que pode ser definida pela mínima diferença. Todo o grupo do Sesi-SP é muito bom, com muitos jogadores de seleção e o conjunto sempre vai ser o que vai fazer um time ganhar”, afirmou Mendez.

 

O técnico do Sesi-SP, Marcos Pacheco, pode se tornar, neste domingo, o técnico mais vitorioso da Superliga masculina – ele e Carlos Alberto Castanheira, o Cebola, têm três títulos. A ansiedade, neste momento, segundo o treinador, é inevitável.

 

“Hoje é um dia que, por mais experientes que todos sejam, é diferente. Normalmente, é uma tarde muito longa, uma noite que demora a passar e isso acontece, claro, pela expectativa de saber se tudo vai sair como planejamos”, explicou Pacheco.

 

Os últimos treinamentos foram apenas para afinar o grupo. “Os dois últimos dias servem para ajustes, pequenos detalhes e muito mais para ganharmos referência do ginásio, que é fora do que estamos acostumados a jogar. Agora, o time está pronto, com muita vontade de jogar essa final”, garantiu Marcos Pacheco, citando o grande ginásio do Mineirinho, que tem capacidade para 14.287 pessoas.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x