Search
Friday 18 September 2020
  • :
  • :

Sada Cruzeiro Vôlei ‘reestreia’ contra o Kappesberg Canoas após conquista do Mundial

Foto: Divulgação/Sada Cruzeiro Vôlei

Após viver grandes emoções com a conquista do título do Mundial Masculino de Clubes, o Sada Cruzeiro (MG) volta à Superliga Masculina nessa sexta-feira (01/11), em partida contra o Kappesberg Canoas (RS), às 20h, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG). O duelo é válido pela sexta rodada do turno da competição e coloca em jogo a invencibilidade da equipe mineira, que venceu as cinco primeiras partidas do torneio.

Mesmo com as diversas comemorações pelo título internacional inédito para o país no naipe masculino, incluindo uma volta olímpica no estádio do Mineirão,, o oposto Wallace afirmou que a atenção dos jogadores já está voltada para a Superliga.

“Independente dessa conquista, tão importante não só para nós como para o Brasil, agora nosso foco é total na Superliga. Temos de entrar em quadra, mostrar as qualidades do time e que não foi por acaso que vencemos o Mundial. E para isso precisamos colocar em prática aquilo que temos trabalhado nos treinos”, disse o jogador, eleito o MVP do Mundial.

Quanto ao apoio da torcida local para o confronto, Wallace não tem dúvidas de que os mineiros desempenharão o mesmo papel exercido durante o torneio internacional, ainda que um pouco mais exigentes.

“Com certeza a torcida vai continuar fazendo a parte dela, como no Mundial, onde ela fez a diferença, e mais do que nunca vai nos ajudar. Talvez haja uma pressão um pouco maior em razão do título recente, mas o time vai entrar concentrado porque não tem jogo ganho nem jogo fácil”, acrescentou.

A possibilidade de vencer a chamada “tríplice coroa” (três títulos na mesma temporada) e igualar o feito da equipe de futebol do Cruzeiro em 2003 também empolga o oposto, que mostra confiança na equipe, admitindo, porém, que será necessário muito trabalho de todos os envolvidos.

“Sem dúvida essa taça serve como motivação para tentar conquistar todos os campeonatos que estamos disputando no ano. Sabemos que a Superliga é uma competição longa e que o Campeonato Mineiro tem jogos difíceis, então é dar o máximo para buscar essas vitórias”, finalizou.

Pelo lados dos visitantes, a partida marca o reencontro do técnico Marcelinho Ramos com o Sada Cruzeiro. Depois de cinco anos trabalhando na equipe mineira, o comandante do Kappesberg Canoas se disse consciente das dificuldades e admitiu a emoção de retornar ao ginásio do Riacho.

“Pra mim será um momento muito especial, pois foi um lugar onde fui muito bem recebido e fiz grandes amigos. Da mesma forma que eu conheço o trabalho do Sada Cruzeiro e sei da seriedade de todos os envolvidos com o projeto deles, também temos muito respeito pelo trabalho do nosso cotidiano. Precisamos tentar aproveitar algum vacilo deles”, afirmou.

Quanto à difícil sequência do time gaúcho, que na última rodada encarou o Sesi-SP e na próxima recebe os atuais campeões do RJX (RJ), Marcelinho demonstrou tranquilidade e reforçou a importância do trabalho diário.

“Esse início tem sido bastante complicado, não só pelos nossos adversários mas também pelos problemas que tivemos com perda e regularização de jogadores. De qualquer forma, estamos conscientes da nossa qualidade e temos tentado melhorar ao máximo o nosso sistema de jogo, dando total foco para a nossa equipe. Sabemos que a responsabilidade está do lado das equipes apontadas como favoritas, mas vamos comendo pelas beiradas e tentando tirar ao menos um ponto deles, já que agora numa derrota por 3 a 2 podemos conseguir isso”, disse o treinador.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x