Search
Wednesday 21 October 2020
  • :
  • :

Campeão de tudo e em sequência, Sada Cruzeiro conquista o tricampeonato Sul-Americano

Crédito: Sada Cruzeiro Vôlei/Twitter

Crédito: Sada Cruzeiro Vôlei/Twitter

 

O Sada Cruzeiro conquistou, num período de dez meses, tudo o que era possível a uma equipe conquistar no voleibol. E não é exagero, é História. Em abril, o time foi campeão da Superliga masculina 2014-15, depois, em outubro, venceu o Campeonato Mineiro 2015 e conquistou o segundo título mundial em Betim, em novembro venceu a recém-criada Supercopa, arrestou a Copa Brasil no mês passado e, agora, é tricampeão sul-americano – também venceu as edições de 2012 e 2014.

 

Neste domingo, sem muita dificuldade e nenhuma contestação, o Sada Cruzeiro venceu a Funvic/Taubaté por 3 sets a 0, com parciais de 25-20, 25-21, 25-10, em atuação destacada dos ponteiros Leal e Filipe, e ficou com o troféu do Sul-Americano masculino de Clubes 2016. Nem parecia que o Taubaté, além de jogar em casa, com ginásio lotado, é o vice-líder da Superliga.

 

Arriscando e errando muito no saque, o primeiro set começou sem que as duas equipes desgarrassem no placar. Com dois erros de Wallace no ataque, que não jogou uma boa partida, e um ace de Otávio, o melhor jogador da Funvic/Taubaté no confronto, o time da casa chegou ao primeiro tempo técnico com 8 a 6. Na volta, as equipes maneiraram no serviço, o que favoreceu o melhor passe cruzeirense e permitiu que o time estrelado chegasse ao segundo tempo técnico com dois pontos à frente. A partir daí, Leal foi decisivo. Primeiro, num lance de desatenção da defesa do Taubaté, o cubano-brasileiro deixou o Sada com 19-16. Depois, em dois bons saques do ponteiro, dois erros de ataque de Lipe deixaram o placar em 23 a 18 para o Sada, numa vantagem que se revelou definitiva.

 

O primeiro ponto de bloqueio na partida foi de Filipe sobre Otávio, já na segunda parcial, para colocar o Sada à frente por 5 a 4 e não perder mais a dianteira. Com Isac no serviço, Taubaté viu a desvantagem chegar a quatro pontos no tempo técnico. Depois, numa passagem de Filipe pelo saque, com direito a um ace, a vantagem do Sada chegou a 14-7. Quando Leal bloqueou Lucarelli, no simples, o placar de 16 a 8 para o Sada foi definitivo. Taubaté até esboçou uma reação, com boas sequências de Otávio e Lucarelli no saque, mas nada que ameaçasse a vitória mineira no set.

 

Com um ace de Otávio, Taubaté empatou a terceira parcial em 4 a 4 e parecia que Taubaté ia equilibrar as ações. Mas, novamente, Filipe desequilibrou. O ponteiro foi para o saque com 6 a 5 para o Cruzeiro e só saiu com 12 a 6, com direito a três aces, dois contra-ataques de Leal e uma bola de segunda de William. Ali, ainda na metade do set, o jogo já estava decidido. Num contra-ataque de Wallace pela saída de rede, o Sada encerrou a agonia da Funvic Taubaté e começou a festa do Sada Cruzeiro, classificado, assim, para o mundial de clubes.

 

O terceiro lugar ficou com a UPCN, que bateu o Bolívar por 3 sets a 0, parciais de 27-25, 28-26, 25-13.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
3 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
silva

enquanto o cruzeiro tiver centrais que seguram o jogo não vai ter time que o vença. o cruzeiro é solido no bloqueio e fatal nos contra ataques, hehehehe se mordam eixo rio são Paulo . pois o melhor voleibol do mundo é de minas gerais.

Titanic 100 anos

Taubaté ainda sofre com a falta de um oposto de qualidade. Talvez se o Gavin não estivesse contundido a ponto de deixar o projeto o time renderia mais. Ano que vem é manter essa mesma base e trazer apenas um Oposto e Meio de rede estrangeiros. Ponteiros estão bem e levantadores também.

Will Lopes

Este time é espetacular, merece tudo que vem conquistando. Patrocinador sério, diretoria e comissões técnicas competentes = a títulos. Já o Taubaté priorizou este campeonato, abriu mão da Super Copa e Copa Brasil para ser massacrado em casa. Viva Leal

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x