Search
Friday 23 October 2020
  • :
  • :

Saiba como acompanhar os jogos do Circuito Brasileiro

Carol Solberg estará na disputa. (Foto: Inovafoto/CBV)

A espera chegou ao final. O Circuito Brasileiro Open de Vôlei de Praia será retomado nesta quinta-feira (17.09) com a primeira etapa da temporada 2020/2021, realizada no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). O primeiro torneio nacional da modalidade pós-pandemia da COVID-19 terá transmissão de todas as partidas e novidades na interação com os fãs, já que não haverá presença de público.

Para diminuir a quantidade de pessoas circulando no mesmo ambiente, a competição foi separada por gênero e começará com o torneio feminino, disputado de quinta até domingo (20.09). Na próxima semana, entre os dias 24 e 27, ocorre o torneio masculino. Os jogos serão exibidos pelo site voleidepraiatv.cbv.com.br, pela página oficial da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) no YouTube e, a partir das semifinais, com exclusividade pelo canal SporTV (veja os horários e informações abaixo).

Também visando reforçar as medidas de prevenção contra COVID-19, o torneio será realizado sem a presença de torcida. Os fãs, porém, terão, além da chance de assistir todos os jogos, novas formas de interação, como a “Arquibancasa”, onde poderão aparecer ao vivo nos telões durante as partidas, compondo uma arquibancada virtual. Além disso, vídeos dos bastidores do torneio, entrevistas pós-jogo e outros conteúdos serão exibidos nas redes sociais da CBV.

Vice-campeã da última temporada ao lado de Victoria, a sergipana Tainá comentou a expectativa para voltar a atuar e como será a adaptação com o torneio sem torcida.

“Tentaremos nos adaptar a essa nova realidade o mais rápido possível. É o necessário neste momento pela saúde de todos. Será um torneio diferente do que já tivemos, por se tratar de uma etapa do Open dentro do CDV, somente com o naipe feminino nesta semana, limite de pessoas de comissão técnica. Mas, a ansiedade é grande para estar em quadra e a nossa expectativa para voltar a atuar é muito grande”, declarou.

Outra novidade está na transmissão de 100% dos jogos, inclusive com o torneio qualifying, na quinta-feira. Além disso, as partidas da quadra externa também contarão com narração das partidas, o que antes acontecia apenas nos jogos da arena central. Quem também comentou a expectativa para o retorno foi a carioca Carol Solberg, que em 2020, antes da pandemia, disputou duas finais com a nova parceria formada junto da sul-mato-grossense Talita.

“Estou muito feliz em poder voltar a jogar, nosso time retomou os treinos há pouco mais de um mês, fiquei isolada durante a pandemia. Foi uma luta conseguir voltar à minha melhor forma, tive um retorno gradual, até pela lesão que enfrentei no ombro, no passado, não quis pular etapas. Sei que eu e Talita não estamos no nosso 100%, mas estou muito animada para sentir novamente a energia de estar em quadra. Mesmo sem público, temos experiência para buscar aquela motivação, energia. A pandemia não acabou, ainda vivemos um momento muito difícil e de cuidados, preocupação, mas acho que a CBV encontrou um formato seguindo protocolos de segurança, é uma novidade e temos que nos adaptar”, declarou.

Estrutura

O espaço de jogo foi montado nas quadras de areia já existentes no Centro de Desenvolvimento de Voleibol, onde são realizados os treinamentos das duplas que representam o país em torneios internacionais. A arena central fica na área onde antes havia quatro quadras. Poucos metros adiante, outras duas quadras foram transformadas na arena número dois, que também receberá partidas. A montagem levou 10 dias para ser realizada.

“Pensamos em alternativas para a participação do público com a instalação de telões que permitirão a presença dos fãs virtualmente. A areia das quadras de treinamento já era excelente e aprovada pelos atletas, então tivemos apenas que realizar as adaptações necessárias na estrutura, retirar grades e delimitar a área de jogo”, disse o gerente de eventos da CBV, Cadu Gerônimo.

Formato de disputa

A competição conta com 12 times já classificados à fase de grupos pela posição no ranking de entradas e um por convite (wild card). São eles Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), Ágatha/Duda (PR/SE), Talita/Carolina Solberg (AL/RJ), Victoria/Tainá (MS/SE), Bárbara Seixas/Carol Horta (RJ/CE), Juliana/Josi (CE/SC), Hegê/Ângela (CE/DF), Val/Aline Lebioda (RJ/SC), Andressa/Vitoria (PB/RJ), Andrezza/Neide (AM/AL), Elize Maia/Thâmela (ES) e Taiana/Paula Pequeno (CE/SP).

Outros quatro times sairão da disputa do qualifying, na quinta-feira. Os 16 times então serão divididos em quatro grupos com quatro duplas para a fase de grupos. Os primeiros colocados de cada grupo vão direto às quartas de final, enquanto segundos e terceiros disputam uma rodada eliminatória a mais, da repescagem. Quem termina na última posição de cada grupo na primeira fase está eliminado. O torneio segue em formato eliminatório direto, com quartas de final, semifinais e disputas de bronze e ouro.

Protocolo de prevenção

Todos os atletas farão um teste inicial para COVID-19 antes da competição. O resultado será enviado à CBV e, só diante disso, será confirmada sua inscrição. O atleta que testar positivo não irá competir. Um dia antes da competição, os atletas chegarão a Saquarema, responderão a um questionário, aferirão a temperatura, oximetria e farão novo teste de COVID-19.

Em caso de mais um resultado negativo, o atleta entra na disputa. A partir do momento em que entra no CDV, o atleta só sai após a eliminação ou no último dia para retorno. O protocolo será exatamente o mesmo com todos os envolvidos: comissões técnicas, arbitragem, fornecedores, colaboradores do CDV, e em todo o staff da CBV.

A segunda etapa da temporada também será realizada em Saquarema, em outubro, entre os dias 15 a 18 (feminino) e 22 a 25 (masculino). As outras três etapas da temporada 20/21 ainda terão locais definidos, mas já possuem datas. A terceira parada será de 5 a 8 de novembro (feminino) e 12 a 15 de novembro (masculino). O quarto torneio será de 2 a 6 de dezembro, e o quinto de 16 a 20 de dezembro, com possibilidade de realização dos dois naipes.

CIRCUITO BRASILEIRO OPEN DE VÔLEI DE PRAIA
1ª Etapa – Temporada 20/21
Local: Centro de Desenvolvimento de Voleibol, Saquarema (RJ)
Data: 17 a 20 de setembro
Horários: Quinta – 8h às 15h; Sexta – 9h às 12h e 15h às 20h;
Sábado – 9h às 15h e 19h às 21h; Domingo – 11h às 13h
Transmissãovoleidepraiatv.cbv.com.br, Facebook da CBV e SporTV




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x