Search
Wednesday 23 September 2020
  • :
  • :

Saiba os fatores positivos que Roberta destacou no duelo contra o Brasília

Crédito: Hérica Suzuki

 

O Rexona-Sesc segue invicto no returno da Superliga. Na noite desta sexta-feira (24/02), a equipe carioca venceu o Brasília, por 3 sets a 0, parciais de 25-20, 27-25 e 31-29, e manteve a liderança isolada da competição, com 53 pontos, oito à frente do segundo colocado. Esta foi a última partida do Rexona-Sesc fora de casa no returno, já que a equipe do técnico Bernardinho disputará as próximas três rodadas, na Arena Jeunesse, na Barra da Tijuca, contra Osasco, Minas e Uberlândia, respectivamente.

 

Mesmo atuando fora de casa, o Rexona-Sesc fez o dever de casa, imprimiu um bom saque e segurou a pressão imposta pela equipe de Brasília no segundo e terceiro set.

 

“Fizemos um bom jogo hoje. Nosso saque e nosso bloqueio fizeram a diferença, e ajudaram a nossa defesa a funcionar. Tivemos uma regularidade, que é uma coisa que estamos buscando, principalmente nesta reta final. Elas queriam muito a vitória, pressionaram demais, mas o nosso conjunto fez a diferença no segundo e terceiro set, quando tivemos tranquilidade para virar o jogo”, analisou a levantadora Roberta.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
9 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
GLAUCIA

A Roberta tem a cara da Simoni do Balão Mágico – Ursinho Pimpão nela!!

L.MESQUITA

Jogaço!Equilíbrio total,as parcias falam por si:25×20,27×25,31×29!!!Uma bela partida de se assistir,principalmente,devido ao confronto do que eu considero as 2 melhores levantadoras da SUPERLIGA em termos de “DISTRIBUIÇÃO” de bolas:MACRIS e ROBERTA RATZKE.Acho que o fator de desequilíbrio da partida que pesou para o lado do REXONA foi na posição de OPOSTO,visto que MONIQUE é mais eficiente que a ANDREIA em todos os fundamentos.É bom mesmo que PRAIA e NESTLÉ briguem pelo SEGUNDO lugar na tabela,pois quem ficar em TERCEIRO cruzará com o BRASÍLIA,SEXTO COLOCADO,nas QUARTAS-DE-FINAL,já o SEGUNDO COLOCADO pega o FLUMINENSE,SÉTIMO.Convenhamos,é muito mais vantagem cruzar com o FLUMINENSE do que… Ler mais »

Paulo Dantas

Roberta era para ter ido aos Jogos do Rio 2016. Só não foi por incompetência daquele técnico ZRG, que preferiu levar uma jogadora que tinha acabado de sair da maternidade, fora de forma, sem reflexos e sem entrosamento necessário com o time. O salto alto era tão grande que ele achou que seria campeão mesmo assim, com uma levantadora reserva nessas condições. Mas isso é passado. Hoje a Roberta é, sem dúvida alguma, A MELHOR LEVANTADORA EM ATIVIDADE NO PAÍS. As estatísticas da CBV, quando o quesito é LEVANTADORA, ficam muito aquém de demonstrar o real potencial das levantadoras. Essas… Ler mais »

Rodolpho Francis

Sem dúvidas a Fabiola não era a melhor escolha para ir como reserva da Dani. Hoje a Fabiola esta jogando muito e seria(se não fosse a panela) a Levantadora titular da seleção. Mas como é momento de renovação, gostaria de ver a Roberta como titular.

Denise

KKKKKKKKKKKKK Com Roberta como titular não chegaremos nem na fase final do próximo Grand Prix 2017.

Carlos

Parenta da Fabíola

L.MESQUITA

PAULO, não conco rdo que ROBERTA deveria ter ido ao RIO-2016, talvez a próxima,mas 2016 ela tinha muito pouca experiência e,na olimpiada experiencia conta muito,FABÍOLA tem experiência internacional, jogou muito bem na EUROPA e era mesmo a melhor opção para o momento.

Rodolpho Francis

Nem saltar a Fabiola conseguia. Ja que ele queria experiência, que trouxesse a C. Albuquerque. Foi frustante perceber que nem na hora do desespero ele pode contar com ela. Levou pra quê? Com que experiencia ela contribuiu? Acho que qualquer levantadora seria melhor, até mesmo a Claudinha.

Carlos

Disse tudo.

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x