Search
Sunday 24 January 2021
  • :
  • :

Saiba quais são as coincidências entre Hinode Barueri e Clube Curitibano, finalistas da Superliga B Feminina

Crédito: Flávio Moraes/Photo&Grafia

 

O Hinode Barueri treina com força total nesta semana, preparando-se para disputar a decisão da Superliga B Feminina de Vôlei. A grande final será contra o BRH-Sulflex/Clube Curitibano na próxima segunda-feira (10/04), às 20h, no Ginásio Poliesportivo José Corrêa, com entrada franca e transmissão ao vivo do SporTV. Se os dois times tem campanhas totalmente opostas, algumas coincidências os aproximam.

 

Invicto e dono da melhor campanha da competição – com oito vitórias em oito jogos e apenas dois sets perdidos -, o Hinode Barueri é comandado pelo tricampeão olímpico José Roberto Guimarães. Do outro lado, o Curitibano tem como treinador Jorge Edson, atleta de Zé Roberto na Seleção Brasileira que conquistou ouro em Barcelona-1992, e como capitã a central Valeskinha, jogadora que também passou por suas mãos no título olímpico de Pequim-2008.

 

Sem ter conquistado nenhuma vitória na fase classificatória – seis derrotas e a pior campanha -, a equipe paranaense reagiu e eliminou ADC Bradesco nas quartas de final e Abel Havan Brusque na semi. “Elas cresceram muito durante a Superliga. Ganharam ritmo de jogo e estão confiantes. Mas nós também estamos. Precisamos usar isso a nosso favor. Temos que entrar em quadra com mais agressividade ainda, sabendo do que somos capazes”, comentou Dani Terra, líbero do Hinode Barueri.

 

Dos dois únicos sets que o Hinode Barueri perdeu até aqui, um deles foi para o Curitibano, na vitória por 3 a 1 em março (25/21, 27/25, 17/25 e 25/13). “Ainda temos quase uma semana para estudar o time delas, identificar os pontos positivos e negativos. Eles usam bastante a paralela e estamos atentos com isso. Sabemos da nossa responsabilidade e vamos nos adaptar ao adversário, mas é importante mantermos tudo o que temos feito até aqui”, completou.

 

O Hinode Barueri pode conquistar o primeiro grande título de sua história e, consequentemente, a vaga para disputar a Superliga principal na próxima temporada, com a elite do vôlei nacional. A equipe foi formada em outubro do ano passado e venceu a Taça de Prata, se credenciando para disputar a Superliga B. Agora, está a um passo de seu maior objetivo.

 

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
1 Comentário
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
mineiro

Zé não dá ponto sem nó….esse time o ano que vem só terá Galáticas!! O ” paitrocíncio” é muito grande….não duvido nada que venham Sheilla, Fabíola e Fe Garay……..e muitas que conquistaram a vaga fiquem sem emprego…..como Erika e cia.

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x