Search
Thursday 22 October 2020
  • :
  • :

São Bernardo e Funvic/Taubaté se enfrentam com duelo de gerações dentro de quadra

Foto: Divulgação

Em duelo válido pela sétima rodada do turno da Superliga masculina 13/14, o São Bernardo Vôlei (SP) recebe nesta terça (26/11) no ginásio Adib Moisés Dib, em São Bernardo do Campo (SP), a equipe do Funvic/Taubaté (SP), às 19h30. Os donos da casa querem embalar na competição e contam com o ponteiro Ricardo, campeão mundial sub-23 com a seleção brasileira em outubro deste ano, enquanto a equipe de Taubaté aposta na experiência do recém-chegado dominicano Contreras, de 34 anos, para obter o segundo triunfo no torneio nacional.

“Aproveitamos essa parada para melhorar o nosso físico, pegar pesado na academia. Quem estava lesionado também aproveitou para voltar com tudo e poder nos ajudar. Além disso, acertamos muitos detalhes que não estavam encaixando dentro de quadra, então foi bastante positivo”, afirmou o jogador de 22 anos, que foi o maior pontuador da vitória fora de casa sobre o Montes Claros Vôlei (MG), na última rodada.

“O primeiro turno não está sendo como a gente esperava e agora queremos recuperar isso. A minha ausência e a do Matheus infelizmente atrapalhou não só nos jogos, mas também nos treinos. Mas agora ‘fechamos’ o elenco e vamos fazer uma campanha de recuperação ainda no primeiro turno”, disse o ponteiro, citando o companheiro Matheus Alejandro, que também fez parte do grupo campeão mundial sub-23, em Uberlândia (MG).

Do outro lado da rede estarão os comandados do técnico Cezar Douglas, que concedeu o posto de capitão do Funvic/Taubaté ao recém-chegado Contreras, da República Dominicana. O ponteiro, que brilhou em sua estreia pelo time, na vitória sobre a UFJF (MG), demonstrou confiança na equipe.

“Trabalhamos forte essa semana e acho que o time está pronto e muito concentrado para a partida”, declarou o jogador. Sobre o posto de líder dentro de quadra, Contreras minimizou o fato, mas se disse pronto para ajudar os mais novos do elenco.

“Eu já fui capitão da seleção do meu país, então acho que contribuiu para a escolha. Vou ajudando, conversando com os companheiros mais jovens, mas o posto em si não muda muita coisa”, afirmou o dominicano, que levou o Troféu VivaVôlei e foi o maior pontuador no último embate, com 17 pontos, quando o time venceu a UFJF.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x