Search
Monday 21 September 2020
  • :
  • :

Sassá, Adenizia e Camila Brait buscam reconquistar espaço na seleção principal

31/10/2011 – Sassá, Adenízia e Camila Brait retornaram para a seleção feminina de vôlei para a disputa da Copa do Mundo do Japão. Depois de ficarem de fora dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, onde o Brasil conquistou o tetracampeonato, ao vencer Cuba por 3 sets a 2, as brasileiras querem reconquistar espaço na seleção principal.

 
"); // -->

 
 
O momento do retorno não poderia ser mais adequado. A Copa do Mundo classificará três equipes para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. O Brasil estreará no torneio na próxima sexta-feira (04.11), contra os Estados Unidos. Para o treinador da equipe verde e amarela, José Roberto Guimarães, as três atletas têm uma função importante na seleção.

“As três são jogadoras importantes dentro da equipe. A Sassá é uma atleta que sempre compôs bem a seleção. É uma jogadora de momentos decisivos, que não sente a pressão, além de ser mais responsável pelo passe. A Adenizia está na briga com as outras jogadoras de meio. O ataque e a leitura das adversárias são as principais qualidades dela. Já a Camila Brait é uma excelente líbero, que está sendo preparada há alguns anos para o futuro da seleção. Tem como ponto forte a movimentação, a velocidade de recuperação e muita personalidade”, detalhou Zé Roberto.

Ao falar sobre seleção feminina de vôlei, Sassá abre logo um sorriso e garante que não foi fácil assistir ao Pan-Americano de casa. “Já tenho quase 10 anos de seleção e sempre que sai uma convocação a expectativa é grande. Tive poucas oportunidades de atuar esse ano pelo Brasil, mas estou sempre pronta para quando precisarem de mim. Assistir o Pan de casa foi estranho”, disse a jogadora, que também ressaltou o momento atual da equipe.

“O grupo está bem focado. O principal objetivo é conquistar a vaga para os Jogos Olímpicos, mas também queremos o título da Copa do Mundo, que falta para o Brasil”, afirmou Sassá.

Outra atleta que demonstra um grande carinho pela seleção brasileira é a central Adenizia. Segundo a meio de rede, que neste ano foi eleita a melhor bloqueadora do Mundial de Clubes, o corte as vésperas do Sul-Americano do Peru foi um momento difícil na carreira, porém já superado.

“Fui convocada para seleção adulta pela primeira vez em 2009 e fizemos uma festa enorme lá em casa. O sonho de toda jogadora de vôlei é estar na seleção brasileira. Quando fui cortada neste ano foi muito difícil. O meu sonho foi interrompido. O prêmio de melhor bloqueio no Mundial de Clubes foi um grande incentivo. Estar no grupo novamente é muito bom. Ainda tenho muito o que evoluir e meu objetivo é estar nos Jogos Olímpicos de Londres”, finalizou Adenizia.
 
 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x