Search
Thursday 24 September 2020
  • :
  • :

Seleção masculina vence Chile por 3 a 0 em Cabo Frio

Foto: Patricia Lima/ Melhor do Vôlei

Com três vitórias em três jogos, o Brasil segue invicto no Campeonato Sul-Americano adulto masculino de vôlei. Nesta sexta-feira (09.08), pela quarta rodada da competição, a equipe comandada pelo técnico Bernardinho venceu o Chile por 3 sets a 0, parciais de 25-19, 25-19 e 25-17, em 1h12 de jogo realizado no Ginásio Poliesportivo Alfredo Barreto, em Cabo Frio (RJ).

Na quinta e última rodada do Sul-Americano, neste sábado(10.08) o Brasil entrará em quadra para a partida considerada a mais equilibrada da competição. O adversário será a Argentina, às 21h45, com transmissão ao vivo do canal SporTV. Na primeira partida do dia, Colômbia e Paraguai jogarão às 18h45.

No jogo desta sexta-feira, o central Sidão, que retorna a seleção brasileira nesta competição depois de se recuperar de uma cirurgia na coluna, foi o maior pontuador do time verde e amarelo com 12 pontos. Pela seleção chilena, o ponteiro Vicente Parraguirre, foi quem mais marcou, com 13 acertos.


O jogo

O Chile abriu o placar com o ponteiro Parraguirre. Mas o Brasil logo deu o troco e, no bloqueio do central Sidão, fez 5/1. Nesse momento, o técnico do Chile pediu tempo. O time visitante buscou e chegou a ficar próximo no placar em 10/8. Depois, no erro do Brasil, o placar ficou ainda mais equilibrado, com apenas um ponto a favor dos donos da casa: 12/11. No ace de Sidão, o Brasil voltou a abrir três de vantagem (14/11). O ponteiro Maurício bloqueou e a seleção verde e amarela fez 17/13. Quando, com o ponteiro Lucarelli, a equipe brasileira fez mais um ponto, o técnico adversário parou o jogo mais uma vez. O Brasil, então, seguiu dominando a parcial e fechou em 25/19.

O segundo set começou equilibrado, com as equipes empatadas em três pontos. Logo depois, com Sidão no saque, o Brasil abriu três pontos (6/3). Mas o Chile se recuperou e passou a frente no placar: 8/7. Então foi a vez dos brasileiros correrem atrás do placar e, no ace de Lucarelli, chegaram ao empate (9/9). O set continuou bem disputado, com as equipes trocando pontos. Com o levantador William no saque, o Brasil voltou a abrir e, após boa combinação com Lucão, chegou a 19/16. Sidão, mais uma vez bem no bloqueio, levou a seleção brasileira a abrir quatro pontos: 23/19. E, com outros dois pontos neste fundamento, a equipe da casa fechou em 25/19.

O Chile saiu na frente e fez 5/3 logo no início do terceiro set. No ace de Lucarelli, o Brasil deixou tudo igual (5/5), mas o time visitante passou a frente novamente e fez 9/6. Bernardinho conversou com os jogadores e a seleção verde e amarela assumiu o comando do placar e 13/12. A equipe brasileira seguiu melhor e, quando abriu quatro pontos (18/14), o time chileno pediu tempo. No primeiro lance depois que entrou na partida, o ponteiro Lipe bloqueou e o Brasil fez 19/14. O time do capitão Bruninho seguiu melhor em quadra e venceu o último set do jogo por 25/17.

Brasil – Bruno, Vissotto, Lucão, Sidão, Lucarelli e Maurício. Líbero – Mário Jr. Entraram – Wallace, William, Maurício Souza e Lipe. Técnico: Bernardinho

Chile – Gimalt,Gevert, Araya, Guerra, Parraguirre T., e Parraguirre V. Líbero – Reyes. Entraram – Bader. Técnico: Daniel Nejamikin




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x