Search
Wednesday 30 September 2020
  • :
  • :

Seleção masculina vence fácil a Tunísia

Brasil faz boa estreia contra Tunísia

 A seleção brasileira masculina de vôlei estreou nos Jogos Olímpicos de Londres e, no ginásio Earls Court, superou a Tunísia por 3 sets a 0. A equipe dirigida pelo técnico Bernardinho teve boa atuação neste domingo (29.07) e venceu com parciais de 25-17, 25-21 e 25-18, em 1h15 de partida.

 

O ponteiro Murilo e o meio de rede Lucão foram os maiores pontuadores do Brasil, com nove acertos cada um. O oposto Wallace, que entrou durante o jogo, marcou oito vezes, e o ponteiro Dante, seis. Kaabi, da Tunísia, foi quem mais pontuou na partida, com 12 pontos marcados.

 

Logo após a partida, o treinador brasileiro, Bernardinho, falou sobre a importância de uma vitória na estreia dos Jogos Olímpicos. “O objetivo principal era que o time pudesse trabalhar o saque no ginásio para que houvesse uma adaptação melhor. Era um treinamento importante e a entrada de todos foi positiva. Todos entraram bem, ganharam ritmo e isso é fundamental, já que só vamos conseguir alguma coisa com o grupo completo”, destacou Bernardinho, que busca uma evolução do time.

 

“Tivemos altos e baixos. É importante que o saque funcione bem para continuidade. Ainda enfrentaremos adversários muito duros e vamos precisar do nosso saque. Acho que precisamos um pouco mais de continuidade e não ter apagões em momento nenhum, porque contra times mais fortes, eles não vão perdoar”, afirmou Bernardinho.

 

Estreante em Jogos Olímpicos, o meio de rede Lucão destacou a presença da torcida no Earls Court. “A torcida brasileira compareceu e nos apoiou. A emoção é grande”, disse Lucão, que avaliou o jogo do Brasil. “O primeiro set foi praticamente perfeito, jogamos muito bem, principalmente na parte ofensiva. Depois, é o time deu uma desligada, mas sempre colocando o jogo. Foi uma boa estreia”, complementou o meio de rede.

 

Por outro lado, o experiente Dante, campeão olímpico em Atenas/2004 e medalha de prata em Pequim/2008, sabe que é necessário já pensar no próximo adversário. O Brasil, que está no Grupo B, volta à quadra na próxima terça-feira (31.07) para um grande confronto. A equipe verde e amarela enfrentará a forte Rússia novamente às 18h.

 

“O mais importante de enfrentar um time como a Tunísia era manter a concentração lá em cima. Também conseguimos imprimir um ritmo forte no saque e foi muito bom estrear bem. Agora, temos que esquecer esse jogo e já pensar na Rússia, que vai ser um adversário muito forte”, destacou Dante.

 

O JOGO

 

 

O Brasil abriu o marcador no erro de ataque da Tunísia. Bem no bloqueio, especialmente com Sidão, a equipe brasileira fez 4/0 e o técnico adversário, Mkaouer, pediu tempo. Contando com erros do outro lado da rede, o time verde e amarelo não teve dificuldades para chegar ao primeiro tempo técnico em vantagem: 8/2. Vissotto fez ace e aumentou a vantagem brasileira para 10/3. Na segunda parada técnica, o Brasil vencia por 16/7. A Tunísia tentou uma reação na reta final do set, mas a equipe brasileira venceu o primeiro set por 25/17.

 

A segunda parcial começou mais equilibrada e as duas equipes empataram em 3/3 logo no início. No toque na rede do Brasil, a Tunísia assumiu o comando do placar pela primeira vez na partida (5/4). O jogo seguiu diferente do primeiro set, com o placar quase sempre apertado: 8/7 e 11/10. No ataque de Murilo, o time brasileiro abriu quatro de vantagem em 16/12. Neste momento, o capitão Giba entrou no lugar de Dante. Com ponto direto de saque, Lucão colocou o Brasil seis pontos à frente (19/13). O time brasileiro fechou o segundo set em 25/21.

 

A seleção brasileira voltou para o terceiro set com mudanças. Rodrigão entrou no lugar de Sidão, Wallace no lugar de Vissotto e Giba continuou em quadra. Com ponto de Lucão no ataque, o Brasil fez 8/5 no primeiro tempo técnico. A Tunísia fez jogo duro e não deixou a equipe verde e amarela deslanchar no placar (14/12). Quando o Brasil vencia por 19/14, Bernardinho colocou Thiago Alves no lugar de Murilo e, assim, completou a estreia dos 12 brasileiros. No erro de saque do adversário, o Brasil fez 25/18 e venceu o primeiro jogo da Olimpíada por 3 sets a 0.

 

Brasil – Bruno, Leandro Vissotto, Lucão, Sidão, Dante e Murilo. Líbero – Serginho. Técnico – Bernardinho. Entraram: Wallace, Ricardinho, Giba, Rodrigão e Thiago Alves

 

Tunísia – Kadhi, Karamosly, Ben Slimane, Hfaiedh, Ben Hassine e Kaabi. Líbero – Taouerghi. Técnico – Fethi Mkaouer. Entraram: Nagga e Ben Cheikh




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x