Search
Thursday 19 September 2019
  • :
  • :

Seleção masculina sub-19 vence a Tunísia

Depois de uma estreia extremamente disputada, onde acabou superada por Cuba no tie break, a seleção brasileira masculina de vôlei enfrentou a Tunísia nesta sexta-feira (23.08) e conseguiu boa vitória por 3 sets a 0 no Campeonato Mundial sub-19. Diante dos donos da casa, a equipe treinada pelo técnico Fabiano Ribeiro, o Magoo, venceu com parciais de 27/25, 25/17 e 25/14 em jogo válido pelo Grupo D.

 

O oposto Darlan foi novamente o maior pontuador do duelo. Depois de marcar 30 pontos na partida de estreia, o atacante fez 17 pontos nesta sexta-feira, sendo 15 de ataque, um de bloqueio e um de saque, e foi novamente um dos destaques do jogo. O ponteiro Paulo Vinícios, aniversariante do dia, também pontuou bem, marcando 16 vezes (14 de ataque e dois de saque).

Estar longe da família nesta data não se tornou um problema. Segundo Paulo Vinícios, fazer 18 anos na seleção brasileira, depois de uma importante vitória, é um super presente.

“Esse aniversário está sendo muito especial. Fico muito feliz porque foi um trabalho árduo nesses três meses para chegar aqui no Mundial e estar aqui é muito bom. Comemorar esse aniversário aqui é mais especial ainda. Estou com um grupo muito unido, feliz e é muito bom contar com todos que estão aqui. Essa é uma oportunidade indescritível”, disse Paulo Vinícios.

O maior pontuador da seleção brasileira também comemorou o resultado. “Vitória muito importante, em especial depois da derrota para Cuba. Acabamos ficando um pouquinho abalados, mas nos superamos e toda vitória é muito bem-vinda. O time tem me ajudado muito, me dando forças e vibrando comigo. Agradeço muito e as minhas boas atuações dependem de todos eles”, afirmou Darlan.

A seleção brasileira volta à quadra neste sábado (24.08) para enfrentar a Bielorrússia pela terceira rodada do Campeonato Mundial sub-19. A partida será às 6h, no Horário de Brasília.

A seleção brasileira conta com os levantadores Gustavo Orlando e Rafael Forster; opostos Darlan Souza e Paulo Vinícius Ferreira; centrais Guilherme Rech, Leo Andrade, Otávio Filipe e Leandro Oliveira; os ponteiros Nathan Krupp, Lucas Lima, e Adriano Cavalcante; e o líbero Pedro Tomasi.

Maior vencedor na categoria, o Brasil tem sete medalhas, seis delas de ouro e uma de prata.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »