Search
Sunday 20 September 2020
  • :
  • :

Seleção Sub-21 garante liderança no grupo D

Davy foi o maior pontuador do jogo contra os japoneses com 17 acertos
(Getty Image/FIVB)

 

Ao fim do terceiro e último jogo da fase classificatória do Mundial Sub-21 masculino, o desempenho do time brasileiro não poderia ser melhor. Foram três vitórias e sem perder um set sequer, garantindo a liderança do grupo D. Na manhã deste domingo (25.06), o triunfo foi sobre o Japão (25/23, 25/20 e 25/21), em partida realizada na Budvar Arena, em Ceske Budejovice, na Repúplica Tcheca.Já garantido na segunda etapa da competição, o treinador Nery Tambeiro aproveitou o duelo contra os japoneses e deu ritmo de jogo aos atletas que participaram menos nas partidas anteriores. Mesmo assim, o ritmo da equipe não diminuiu. O oposto Davy foi o principal destaque e anotou 17 pontos.

 

“Nós preparamos cada jogador nosso para este jogo, os japoneses são muito guerreiros. Foi um jogo parelho. Após o final do primeiro set vimos que era preciso dar ainda mais de nós mesmos em quadra. Tínhamos certeza de que esta partida seria uma batalha, e ao longo dos sets encontramos nosso caminho e impusemos o nosso ritmo”, contou Nery.

 

O Brasil entrou em quadra com o levantador Matheus Brasília, o oposto Roque, os centrais Gabriel Bertolini e Daniel Mascarenhas, os ponteiros Birigui e Alexandre Elias, e o líbero Maique. Entraram Luís Rodrigues, Davy, Pablo Natan e Barreto. Agora o time brasileiro só entra em quadra na próxima terça-feira (27.06), mas aguarda ainda o encerramento da rodada para conhecer os adversários da segunda fase.

 

O Mundial Sub-21 masculino tem a participação de 16 equipes divididas em quatro grupos (A, B, C e D) com quatro seleções, que jogarão entre si. Os dois melhores de cada grupo passam para a fase seguinte, que reunirá os oito times restantes e dois grupos de quatro (E e F), com nova sequência de jogos entre os componentes de cada grupo. As semifinais serão entre os dois melhores de cada chave. O evento acontece entre 23 de junho e dois de julho nas cidades de Brno e Ceske Budejovice, na República Tcheca.

 

 

 

 

 

 

Tem cupom de desconto exclusivo pra você na FutFanatics. Use o código: MV10FUT




Subscribe
Auto Notificar:
guest
10 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Paulo Souza

1) De tanto o povo falar em altura, resolvi verificar a média de altura dos 8 times que passaram para próxima fase. 2) Embora os times pudessem inscrever entre 18 e 19 jogadores, somente 12, por cada equipe, estão disputando o campeonato efetivamente. Não adianta ter jogador muito alto se o cara não consegue ficar entre os 12 finais. Eis o resultado da Média de altura: 1) Iran – 2.00,33 2) Russia – 197,58 3) Canadá – 196,33 4) Polônia – 195,83 5) China – 194,91 6) Cuba – 194, 66 7) Brasil – 194,00 8) Argentina – 190,00 Resumindo:… Ler mais »

george paes

Eu achei sua análise muito boa, mas discordo de vc! No total de oito seleções, sermos apenas superior aos nanicos argentinos, isso demonstra nossa fragilidade de descubrir atletas altos!..A própria Rússia, Polônia já possuem jogadores nessa faixa etária, bem maiores que esses, no entanto em virtude de já treinarem com as equipes principais não foram convocados pra esse mundial!Outro fator preocupante, é que nao estamos conseguindo produzir centrais acima de 2.05, o que será impossível de competir com as seleções que possuam centrais altos! A Argentina, ela consegue se manter no top nas categorias menores, em consequencia de serem técnicos… Ler mais »

Dario

Os links das transmissões? Agora são grandes jogos. Laola?

Poletaev

Agora o campeonato vai começar. Quero ver o brasil ganhar de Rússia e argentina para passar as semifinais. Muito complicado.

george paes

Lembrando que Brasil vem perdendo sempre da Argentina! Essa equipe mesmo levou um sacode da Argentina no sulamericano. Quanto à Rússia, nao me recordo quando ganhamos dele na base!

Spê

Muito difícil o Brasil passar. Não ganha da Argentina, seja no juvenil ou no infanto-juvenil, há quatro anos. Esse time brasileiro venceu essa mesma Rússia no mundial infanto de 2015, por 3×1, com o resultado sendo considerado uma grande zebra na época. Mesmo assim, a realidade da categoria juvenil é outra e os russos evoluíram muito, tanto fisicamente como tecnicamente. Rússia e Argentina são os favoritos para as semifinais. O time do Brasil não é ruim, só é baixo demais, erra além do normal e tem jogadores apenas razoáveis, nada perto das gerações juvenis de 2013 e 2015.

George Paes

Acho que não está sendo feito um bom trabalho na base! É inacreditável temos centrais com menos de 2.05 e ponteiros de 1.90….por favor…vamos reavaliar isso!!!

Poletaev

Concordo. O time é muito baixo. Não vai ter chance contra adversários mais fortes, como Rússia e Polonia.

Poletaev

Não vejo levantador de 1,85m e ponteiros de 1,90m sendo aproveitados na seleção adulta. Seria suicidio e retrocesso. Desse time, acho que só o Roque tem condições de ser aproveitado.

Filipe

Willian Campeão Olimpico e um dos melhores levantadores do mundo com 1,83 e Murilo melhor jogador do mundo em 2010 e com varios prêmios mundiais com 1,90 descordam de vc.

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x