Search
Monday 28 September 2020
  • :
  • :

Seleções infantis seguem em ação no Aryzão

26/10/2011 – As futuras promessas do voleibol para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, começam a dar suas cortadas no Aryzão, o Centro de Desenvolvimento do Voleibol, em Saquarema (RJ). Novidade em 2011, as seleções infantis masculina e feminina treinam intensamente para a disputa do I Campeonato Sul-Americano da categoria. A competição masculina será realizada no Equador, entre 16 e 20 de novembro, enquanto a feminina será disputada no Uruguai, entre 22 e 26 de novembro.


Com o objetivo de fortalecer as seleções de base, a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) decidiu, no início de 2011, formar uma equipe com idade menor (entre 14 e 16 anos) do que a da categoria infanto-juvenil com intuito de revelar talentos e já começar a trabalhá-los para o futuro. Matheus e Marina Sanchez (na foto) são algumas das promessas que treinam em Saquarema.

A menos de um mês da estreia no primeiro torneio internacional, os treinadores intensificam o trabalho visando às disputas. Técnico da seleção infanto-juvenil, Percy Oncken assumiu desafio de formar este novo grupo, e está satisfeito.

“O tempo para o início da competição é curto. Então, precisamos dar ênfase à parte técnica. Ainda são necessários alguns ajustes no sistema bloqueio-defesa, mas acho que o grupo está no caminho. São atletas com qualidade na recepção e que jogam um vôlei bonito”, declarou o paranaense Percy.

Neste Sul-Americano, o treinador da equipe feminina será Maurício Thomas, também técnico da seleção infanto-juvenil. Para o comandante, o time está em crescente evolução.

“É um grupo bem homogêneo, com jogadoras com qualidade de jogo. Estamos trabalhando um pouco mais o saque, que precisa de mais direcionamento, e o bloqueio, que pode evoluir mais. No geral, é uma equipe com bom nível técnico”, afirmou Maurício Thomas, que ainda destacou as características da equipe.

“Estamos com atletas altas, com média de 1,83m. São jogadoras com potencial de saltar bem alto, o que é muito importante para o futuro. As ponteiras deste grupo são habilidosas”, finalizou.

Dos 19 atletas que iniciaram os trabalhos no Aryzão em cada naipe, 15 seguem com no grupo. Do lado masculino: Fernando e Matheus Gegório (levantadores), Enrico, Pedro Henrique, Willian, Guilherme, Rodrigo, Renan e Bruno (ponteiros), Lucas, Nicolas, Douglas Bastos, Vitor e Douglas Souza (centrais), além do líbero Rogério.

Do lado feminino: Natália e Thaís (levantadoras), Lívia (oposto), Drussyla, Giulia, Hellen, Juliana, Karoline, Lorenne e Sabrine (ponteiras), Amanda, Laiza, Lyara e Marina (centrais), além da líbero Luiza.

Seleção feminina já tem capitã

Com a proximidade do Sul-Americano, Maurício Thomas da equipe feminina já definiu a jogadora que terá a missão de liderar o Brasil na competição. A eleita foi a ponteira Karoline Tormena.
 

Estrear com a camisa da seleção verde e amarela e ao mesmo tempo ser a líder da equipe não assusta a jovem. “Sei que a minha responsabilidade aumenta, mas não vou deixar que afete o meu rendimento. Vou dar força quando precisar e o meu empenho dentro de quadra será ainda maior”, disse a catarinense, de 15 anos, que atua pelo clube de Nova Trento (SC).

A seleção feminina permanecerá no Aryzão até esta quinta-feira (27.10) e se reapresentará no próximo dia sete de novembro, em Poços de Caldas (MG), onde fará a última fase de treinamento antes da competição. A equipe masculina sairá nesta sexta-feira (28.10) e retornará à Saquarema em dois de novembro. Para o Sul-Americano, cada treinador poderá levar 12 jogadores. Com isso, até o embarque, três atletas precisarão ser dispensados.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x