Search
Monday 30 November 2020
  • :
  • :

Sérvia vence Brasil por 3 sets a 1

 29/11/11 – A seleção brasileira masculina de vôlei enfrentou a Sérvia, nesta terça-feira (29.11), e acabou superada por 3 sets a 1, parciais de 27-25, 20-25, 20-25 e 22-25, em 1h40 de jogo. Esta foi a segunda vez que os sérvios venceram o Brasil desde que o técnico Bernardinho está no comando, há 11 anos. A primeira aconteceu na Liga Mundial de 2008, por 3 sets a 2, e, desta vez, o resultado foi válido pela Copa do Mundo.


"); // -->

 
 
A equipe brasileira encerrou a terceira fase, disputada na cidade de Hamamatsu, com cinco vitórias e três derrotas. Agora, o time verde e amarelo segue para Tóquio, onde jogará a quarta e última etapa da competição. Neste novo momento, os adversários serão Irã, Polônia e Japão nos dias dois, três e quatro de dezembro, respectivamente.

Na quarta fase, a seleção brasileira terá como objetivo encerrar a participação na Copa do Mundo entre os três primeiros colocados e, assim, garantir a classificação para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

Neste momento, após a terceira fase, a Polônia lidera o campeonato, com 22 pontos. A Rússia está em segundo lugar, com 21, a Itália, em terceiro, com 17, e o Brasil ocupa a quarta colocação, com 16 pontos conquistados.

O capitão da Sérvia, Ivan Miljkovic, foi o maior pontuador do jogo desta terça-feira, com 22 acertos. O capitão também foi quem mais marcou para o Brasil: Giba, com 15 pontos. Logo após a partida, o ponteiro falou sobre a situação do adversário.

“A Sérvia parece que não se importa muito com o campeonato, mas, sim, em fazer com que o maior número de times europeus se classificassem, facilitando o pré-olímpico para eles. Sabemos que a nossa classificação continua dependendo só da gente. Vamos buscar os nove pontos na próxima fase para garantir a nossa vaga de qualquer jeito”, disse Giba.

O líbero Serginho concorda com o capitão e afirma que a equipe segue na busca pela principal meta na Copa do Mundo: a classificação olímpica.

“A nossa atuação não foi boa. Sabemos que o Miljkovic vai sempre fazer muitos pontos, mas não podemos errar tanto. Agora esse resultado já passou e temos que readquirir a confiança dentro da competição. Vamos para a etapa de Tóquio para conquistar três vitórias e alcançar o objetivo de conquistar a vaga”, afirmou Serginho.

Para Bernardinho, o excesso de erros cometidos pelo Brasil, 32 no total, foi crucial. “Contra a Rússia e Estados Unidos, por exemplo, erramos pouco e vencemos bem. Hoje, a Sérvia jogou solta, tranquila, e o excesso de erros cometidos por nós acabou nos penalizando. Agora são três partidas que nos restam, ainda há chances, mas sabemos que as dificuldades serão ainda maiores. Temos que buscar três vitórias”, afirmou Bernardinho.

O jogo

A Sérvia começou a partida em vantagem. Logo no início, fez 6/3 e os brasileiros encostaram em 7/6. Quando os sérvios abriram a vantagem e fizeram 18/14, Bernardinho pediu tempo. A conversa deu resultado e o Brasil se aproximou no placar, fez 19/18 e foi a vez do treinador da Sérvia parar o jogo. O placar seguiu apertado e o Brasil empatou em 24/24, mas os sérvios fecharam o set em 27/25.

A equipe brasileira entrou forte na segunda parcial e logo abriu 3/0. O time seguiu bem e fez 5/1. No primeiro tempo técnico, 8/1 para a equipe verde e amarela, que seguiu superior e abriu boa vantagem em 13/7. O Brasil seguiu melhor no restante do set e venceu por 25/20.

O terceiro set começou equilibrado, com os sérvios se mantendo à frente por um ponto. O Brasil empatou em 7/7. O jogo esteve igual novamente em 11/11 e 17/17. A Sérvia abriu na reta final do set e fez 21/18. Quando os adversários fizeram 23/19, Bernardinho pediu tempo. Mas os sérvios fecharam o set por 25/20.

A Sérvia comandou o placar no início da quarta parcial. No primeiro tempo técnico, vencia por 8/4. Com fortes ataques de Wallace, que começou jogando neste set ao lado de Bruno, o Brasil diminuiu a vantagem adversária para 14/12. Mas os sérvios voltaram a pontuar e foram para a segunda parada técnica à frente por 16/12. Os brasileiros, mais uma vez, encostaram em 19/18, mas os sérvios abriram de novo (22/19) e fecharam em 25/22.
Brasil – Marlon, Vissotto, Lucas, Sidão, Murilo e Giba. Líbero: Serginho.  Entraram: Bruno, Theo, Rodrigão e Wallace. Técnico – Bernardinho

Sérvia – Kovacevic N, Petkovic, Stankovic, Nikic, Milijkovic e Podrascanin. Líbero: Rosic. Entraram: Terzic, Mitic, Kovacevic U e Rasic. Técnico – Igor Kolakovic



Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x