Search
Tuesday 22 September 2020
  • :
  • :

Sesc RJ estreia na temporada em disputa do título da Supercopa

Por Gustavo Aguiar

Após defender a seleção brasileira, Gabi se juntou ao Sesc RJ (Foto: FIVB)

Sesc RJ e Camponesa Minas já tem o primeiro encontro marcado nesta temporada. No próximo dia 14, as duas equipes disputarão a Supercopa 2017  no Centro de Formação Olímpica (CFO), em Fortaleza (CE). As equipes se classificaram por serem a campeã da Superliga e a vice-campeã da Copa do Brasil respectivamente.

O clássico marcará uma estreia esperada no Sesc RJ. Depois de cinco temporadas consecutivas no Vôlei Nestlé, arquirrival do time carioca, a ponteira Gabi Souza (Gabiru) fará sua estreia. A jogadora disse que espera um confronto especial entre as equipes:

“Chegar ao Sesc RJ e já estrear no calendário nacional em um jogo importante como esse, especialmente depois da semifinal que as duas equipes fizeram na Superliga passada, e, ainda por cima, em Fortaleza, onde o vôlei sempre é muito bem recebido, tem tudo para ser especial”, disse Gabi.

Caso oposto ao de Gabi, a levantadora Roberta vai para sua oitava temporada consecutiva sob o comando de Bernardinho. A jogadora venceu seis das sete Superligas que disputou com o time e, ainda assim, admite a expectativa da estreia:

“Expectativa está grande, pois estamos treinando há pouco tempo com o time todo. Nós sabemos que ainda buscamos o ritmo ideal. Será um ótimo jogo, contra um grande time, algumas caras novas, mas a base de sempre. Vamos em busca de mais um título. A temporada está começando e teremos grandes desafios, um ano muito disputado e os times cada vez mais fortes. Precisamos estar 100% e buscando cada vez mais sermos um time regular e de muito volume”, analisou Roberta.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
11 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
bibi perigosissima

onde o bernardo quer chegar com esse time de anãs (3)

marister mendes

Bernardinho é uma farsa, os patrocinadores perceberam e pularam fora, foram para outro time. Pode isso gente?

Luan

Timeco kkkkkkkk , campeão das últimas 5 edições dá super liga e vcs ainda chamam o rio de timeco , o time não mudou nada só a Carol q saiu EA Gabi q chegou , todo ano EA mesma coisa , falam q o rio não tá com o time bom , e no final sempre é campeão , o time tem jussiely , Gabi , tem o rainha Fabi , Monique , drussyla , o time e bom

Henrique

Se ter estrangeiras no time fosse garantia de alguma coisa, Osasco e Praia Clube dominariam o cenário brasileiro, no entanto só passam vergonha todo ano, vem cubanas, sérvias, americanas, italiana e Bernardinho as “engolem” com um show de estratégia e tática nas finais. O time esse ano está mais fraco, porém é cedo para falar alguma coisa, é preciso mais coerência antes de criticar. Queria que esse ano o Praia ou Minas ganhasse, pq já tá sem graça chegar nas finais e saber que o RJ ganhará.

Nei

Acho que esse menosprezo com o Rio é desnecessário, o time é praticamente o mesmo. A responsabilidade é dos adversários que vivem passando vergonha ano apos ano, em relaçao as gringas, é bem verdade que nao estao fazendo a minima diferença no rio nos ultimos anos, duas se salvam o resto veio só fazer turismo.

TITANIC 100 ANOS

o que será que o Bernardo pretende com esse time de meio metro? pra quem tinha há alguma temporadas atrás Logam Tom, Sarah Pavan e Fofão e HOJE se contentar com a jaqueira Roberta, Essa Gabiru é de rir muito kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Com certeza a intençao dele não é fazer dessas jogadoras vitrine, futuro pra seleção brasileira porque senão estamos fu…………………………………………

Icaro

Como torcedor do Sesc rio estou muito triste com esse time, e com a ideia de jerico de não ter estrangeiras.

Eduardo Nicolas

Depende da vontade de uma pessoa.Mas acho que o Bernardo está com a cabeça em outro lugar. Teremos esta resposta muito rapidamente. Agora Gabiru não. Toda culpa foi da Monique que está jogando muito, além da conta e não deu nenhuma chance para ninguem jogar no lugar dela nem LOrenne e nem Helô. O SESC quer apenas seu nome divulgado na Mídia e não um time vencedor. Desânimo total.

B. Oliveira

Só eu que acho que o projeto tá definhando???

Eduardo Nicolas

Só vc. não. Gabiru é um retrocesso Acho que ano que vem o time acaba. Quem vai querer ficar.

TITANIC 100 ANOS

já começou a definhar caro colega pois eu sou a FAVOR SIM DE ESTRANGEIRAS EM TIMES DA SUPERLIGA. EU JA DETESTAVA O SESI POR TER ESSE DESRESPEITO PARA COM AS ESTRANGEIRAS AGORA ME VEM ESSE TIMECO DO RIO DE JANEIRO FAZER O MESMO. DE CARA JÁ GANHOU MINHA ANTIPATIA. É UM DESRESPEITO POIS SE FOSSE LÁ FORA EM QUE TIME NENHUM ACEITASSE UMA BRASILEIRA COM CERTEZA CHOVERIAM CRÍTICOS AQUI DIZENDO QUE ESTAMOS SOFRENDO PRECONCEITO LÁ FORA QUANDO NA REALIDADE AS BRASILEIRAS SÃO REVERENDADAS POR ONDE PASSAM E ESSES TIMECOS BRASILEIRO FICAM SUBESTIMANDO AS ESTRANGEIRAS.

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x