Search
Monday 17 February 2020
  • :
  • :

Sesc RJ vence Denk Maringá e se recupera na Superliga

Fotos: Marcio Mercante

O Sesc RJ voltou a vencer na Superliga Banco do Brasil masculina de vôlei nesta quarta-feira (12.02). Após um revés um tanto inesperado na última rodada, o time comandado pelo técnico Giovane Gávio fez o que se espera dele e superou o Denk Maringá por 3-0 (25-22, 25-23 e 25-22). Com o resultado, a equipe carioca alcançou os 35 pontos e segue na quarta colocação da tabela de classificação, colada no terceiro lugar, o Sesi SP, que tem 36.

Ciente de que teriam um adversário enfraquecido do outro lado, os jogadores do Sesc RJ não abaixaram a guarda. E o comprometimento foi necessário para sair de quadra com a vitória, vide os placares das parciais, sempre apertados.

“Foi, sem dúvida, uma vitória importante. Jogamos dentro de nossa casa e era fundamental que conseguíssemos uma vitória. Ainda mais depois de uma derrota como a do último domingo. A gente não esperava aquele resultado e todo mundo ficou machucado. Ficamos sensibilizados com aquele resultado, sabíamos que poderíamos ser melhores e conseguimos voltar a vencer. Enfrentamos um adversário que tinha suas dificuldades, mas entramos e demos nosso 100%”, analisou o central Flavio.

Com uma semana inteira no Rio de Janeiro, o elenco do Sesc RJ tem treinado forte e espera seguir evoluindo para o restante da temporada, já de olho nos jogos decisivos do final do segundo turno e também nos do playoff.

“A rapaziada estava até meio travada hoje, em quadra. Temos trabalhado muito, treinado muito forte a parte física. A gente sabe que precisa desse trabalho para poder alcançar nossos objetivos e chegar bem nos jogos decisivos desse segundo turno e no playoff da Superliga. Quando temos uma semana em casa, podemos aproveitar que estamos em nossa casa para crescer coletivamente e mostrar isso nos jogos”, finalizou Flávio.

O próximo compromisso do Sesc RJ será diante do Apan Blumenau, no próximo domingo (16.02), às 20h, fora de casa. A TV Cultura transmitirá o confronto.

O jogo
O início do jogo não foi bom para o Sesc RJ. Mesmo jogando em casa, o time carioca foi pressionado pelo bom saque do Denk Maringá. Sem conseguirem um bom aproveitamento na recepção, os donos da casa viram os visitantes abrirem 7-3. Giovane parou o jogo, esfriou o ímpeto adversário e conseguiu uma reação imediata. Em um ace de Sanchez, o Sesc RJ encostou no placar. E no ponto seguinte empatou em 11-11, após um erro do Maringá.

Apesar de subida de produção, a virada só veio mais para frente, após dois aces de Ademar: 18-17. A partir daí, o Sesc RJ se valeu de sua maior experiência e assegurou a vitória: 25-22.

A segunda parcial foi marcada pelo excesso de erros de ambos os lados. Com inúmeros saques desperdiçados, Sesc RJ e Maringá foram trocando pontos e se alternando a frente do placar. Em um dos poucos serviços que funcionou, Ademar conseguiu dar uma vantagem pequena aos donos da casa: 12-10. Mas logo em seguida já eram os visitantes que estavam na frente: 16-15 em um bloqueio de Rômulo em Wallace.

Os erros permaneceram e em uma parcial tecnicamente fraca, prevaleceu novamente a experiência e qualidade do Sesc RJ, que fechou em 25-23, após Flávio cravar uma bola de primeiro tempo.

O revés abalou o time paranaense, que vinha fazendo uma partida de igual para igual. Aproveitando-se da fragilidade demonstrada pelo adversário, que caiu de aproveitamento na recepção e na virada de bola, o Sesc RJ abriu 7-3 até o técnico do Denk Maringá pedir tempo. Mas o time paranaense não conseguiu chegar nem perto de ameaçar os cariocas de fecharem o jogo. A vantagem até diminuiu, mas em uma bomba de Wallace o Sesc RJ fez 25-22 e deu números finais ao confronto.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »