Search
Monday 21 September 2020
  • :
  • :

Sesi salva cinco match points, derruba Molico e está na final da Superliga

Foto: Divulgação

Com casa cheia, Sesi e Molico Osasco se enfrentaram neste sábado (19/04) na Vila Leopoldina pelo segundo jogo das semifinais da Superliga. Após ter vencido o primeiro duelo em Osasco, o Sesi fez valer o mando de quadra e venceu o adversário por 3 a 1, parciais de 21-19, 16-21, 21-8 e 22-20 e 17-15.

Diferente do primeiro jogo, o time de Osasco se mostrou mais vibrante deste o primeiro ponto e a preocupação com Fabiana, era evidente. Só que o apoio da torcida foi favorável ao Sesi também desde o primeiro ponto.

No placar, quem saiu na frente foi o Molico Osasco, que no quarto ponto já tinha uma vantagem de dois pontos para administrar. Porém, um bom saque do Sesi complicava o passe do time de Osasco, e no quinto ponto, o Sesi já estava na frente (5-4).

O jogo era muito bom. Sheilla, capitã do Molico, claramente chamava a responsabilidade nos ataques, mas com um erro dela, pisando na linha dos três, e uma recepção não feita por Caterina no saque, deu ao Sesi o placar de 7-6 no primeiro tempo técnico.

No lado do Sesi, as principais jogadoras começaram a partida tímidas. Eram mais pontos por erros do adversário do que por ataques do próprio Sesi. O Problema foi quando o Sesi começou também a errar, voltando a dar os dois pontos de vantagem para Osasco (8-10). Quando o Molico abriu três pontos, após dois ataques de Thaísa (9-12), Talmo de Oliveira pediu tempo no Sesi.

Taticamente, era possível perceber que o Sesi sentia mais quando Fabiana não estava na rede, o que coincidida justamente com o momento da passagem de Thaísa pela mesma posição no Osasco. Essa situação colaborou para o placar no segundo tempo técnico chegar a 14-10 para o Molico.

Com boa vantagem, na parte final do set, mesmo com Fabiana voltando para a rede, o Molico se manteve na frente. Mas quando a central foi para o saque, fez estrago na recepção, principalmente de Sanja. Com um ace, uma bola que Osasco não conseguiu atacar e mais um contra-ataque, iniciado numa defesa de Fabiana, o Sesi tirou a diferença e ficou só um ponto atrás (17-18).

Após um bloque de Thaísa em Ivana, o Molico Osasco chegou ao set point com 20-18. Talmo pediu tempo. No retorno, um ponto para cada lado e com Gabi, o Osasco fechou a primeira parcial em 21-19. Com seis pontos (quatro de ataque e dois de bloqueio), Caterina foi a maior pontuadora do set. Sheilla teve cinco e, pelo Sesi, Bia e Fabiana empataram com quatro.

O segundo set começou com o Sesi abrindo três pontos de vantagem, ao fazer 5 a 2. A recepção de Sanja continuava irregular, e o time da casa, tirava proveito disso. Foi a vez então de Luizomar de Moura pedir tempo. Ainda com o passe ruim, Osasco seguiu atrás e num erro de Sanja, foi para o tempo técnico perdendo de 7-3.

Na sequencia do set, nem parecia que o jogo era entre Molico x Sesi. Com Fabiana na rede, o Sesi começou a fechar a porta para o adversário e a vantagem no placar foi abrindo. Mesmo com toda a sua experiência, o time de Osasco sentiu e a vibração presente no começo do jogo, foi desaparecendo. Com 14-8, o Sesi liderava com mais folga ainda no segundo tempo técnico.

O tempo obrigatório parece esfriou o Sesi. Na volta, uma parcial de 4-1 recolocou o Molico no jogo. Talmo teve que parar o set.

Osasco ficou a dois pontos do Sesi, mas a reação parava em erros de saque. Foram três seguidos que travaram o time de Luizomar e fizeram o Sesi se aproximar da vitória no set. No fim, não deu outra. Com ataque de Bia, o Sesi fechou em 21-16 e empatou o jogo. Na soma dos sets, Sheilla com 10, e Fabiana, com nove, assumiram a liderança das maiores pontuadoras.

O terceiro set começou pró-Osasco, com o placar de 5 a 1 para as visitantes. O Sesi, nem parecia que tinha ganhado bem o set anterior e começou errando bastante. Na maior vantagem conquistada pelo Molico, o placar era de 7-1 no primeiro tempo técnico.

Para virar o jogo, Talmo começou a mexer e colocou para jogar Mariana Casemiro, Pri Daroit e Suelle, mas pouco mudou. Enquanto Osasco tinha 14 no segundo tempo, o Sesi estava só com 5 pontos, na maior vantagem do jogo até então.

O 16º ponto do Osasco gerou tensão. Fabiana não gostou da comemoração das adversárias e avisou o juiz que ia comemorar na cara também. Com ou sem comemoração efusiva, a verdade era que o Molico estava perto de fechar o set com uma “lavada”. Com bloqueio de Fabíola, o Molico Osasco venceu o set por 21-8 e fez 2 a 1 na partida. Na “artilharia” do jogo, Sheilla disparou, com 15, e Fabiana, com um ponto só no set, foi para 10.

No quarto set, o Molico começou no mesmo pique do set anterior. Com um bom saque quebrando a recepção adversária, e Thaísa no bloqueio, o time fez 3 a 0. Depois disso, o Sesi entrou no set e as coisas se estabilizaram, com o primeiro tempo técnico marcando 7-4 Osasco.

Na volta, o Sesi cresceu e logo empatou o placar em 8-8. Daí em diante, o jogo voltou a ser o emocionante e disputado Molico x Sesi que o pessoal esperava. Com uma largadinha de Fabíola, o Osasco foi para o segundo tempo técnico vencendo por 14-12.

Embalado, o time de Osasco conseguia, na reta final do set, administrar a vantagem que tinha. O Sesi buscava reagir e chegou a ficar a um ponto atrás, com 18-19. Osasco teve dois match points e não fechou, deixando o jogo 20 a 20, para na sequencia, num erro de ataque de Caterina, ver o Sesi passar na frente.

Novamente, a comemoração, agora do lado do Sesi, gerou confusão e o juiz deu um cartão amarelo para Suelle e Caterina. De forma incrível, o Sesi fechou em 22-20, forçando o tie-break.

No último set da partida, o primeiro ponto foi de bloqueio do Sesi, com Fabiana. Depois foi um ponto Osasco, outro Sesi até Gabi errar um ataque e o Sesi fazer 4-2, gerando reclamação, pois o bandeira havia marcado desvio no bloqueio. O Árbitro Anderson Caçador corrigiu sua marcação e o jogo ficou 3-3.

A tensão tomava conta dos dois lados, a cada ponto, uma vibração ou uma reclamação, davam o tom dos nervos de cada time. Com um bloqueio em cima de Fabiana, o Molico Osasco fez 5-3.

Talmo pediu tempo e no retorno, um erro de Dayse deu mais um ponto de vantagem para o Osasco. Na virada de quadra, o Molico tinha 8-5.

Mas foi só a quadra virar, para o placar empatar. Três pontos seguidos do Sesi, sendo dois em erros do Osasco, permitiram isso.

Novamente partindo da igualdade, o jogo ficou mais emocionante ainda. Em ace, Dayse colocou o Sesi na frente. No ponto seguinte, um rally terminou com bloqueio de Bia e o Sesi fazia 10-8. Luizomar pediu tempo.

Na volta, o Molico rodou com Gabi e num erro de Dani Lins, o empate voltou ao placar. Um bloqueio de Thaísa devolveu a liderança para o time de Osasco. Com outro ponto de bloqueio dela, completando quatro consecutivos do Osasco, o placar foi para 12-10 e Talmo teve que pedir seu último tempo.

Na volta, Sheilla, também em bloqueio, deixou o placar em 13-10. No ponto seguinte, Ivna rodou. Depois, Sheilla cravou para dar o match point de novo para seu time.

O primeiro foi salvo com bloqueio de Pri Daroit (14-12). O segundo, por um ataque de Fabiana (14-13). O terceiro, por uma bola de Mariana. O jogo empatava de novo.

Fabiana, com um bloqueio, quebrou emocionalmente o adversário e deu o ponto da final para o Sesi. Sheilla aproveitou o ataque seguinte e empatou.

Daroit, com uma colaboração da rede, deu uma nova chance de fechar ao Sesi. E desta vez, Fabiana tratou de acabar com a sequencia de finais do Molico. 17-15 e Sesi-SP pela primeira vez na final.

 

 

 

 

 

 

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x