Search
Saturday 23 January 2021
  • :
  • :

Sesi toma 2 a 0, empata, mas perde no tie-break para Volero Zurich

Foto: FIVB

Campeão Sul-Americano e vice da Superliga, o Sesi-SP não começou bem o Mundial de Clubes 2014. No duelo contra o time da casa, o Volero Zurich, a equipe paulista saiu perdendo de 2 a 0, empatou, e no tie-break acabou vendo a derrota escapar com parciais de 25-12, 25-18, 16-25, 15-25 e 15-10.

Um pouco nervoso, o Sesi teve sérias dificuldades de acertar os ataques no primeiro set. Após sair perdendo por 4 a 0, o time até ameaçou reagir, diminuindo para 4 a 2, mas os erros ofensivos começaram a pesar. Ao todo, o Sesi rodou só 7 bolas, contra 12 das Suíças. Em seus tempos, Talmo tentava passar para o time a maneira certa de atacar e defender, mas não adiantou muito. Com uma grande vantagem, o Volero fechou por 25-12, em 24 minutos.

Começando do zero, o Sesi voltou melhor no segundo set e a parcial começou equilibrada. O ponto a ponto seguiu até o 12º, quando o Volero emplacou uma boa sequencia e fez 16-12. Acusando o golpe, o Sesi começou a cometer erros bobos, especialmente na defesa, e deixou placar alargar mais (18-13).

Na volta de um tempo pedido, o Sesi começou a errar também no ataque, com Mari Cassemiro batendo três bolas para fora. Em mais uma sequencia de pontos das donas da casa, o segundo set foi conquistado por 25-18.

Mesmo pressionado pelo placar de 2 a 0, o Sesi começou o terceiro set na frente e fez 8-4 no primeiro tempo. Com Pri Daroit no lugar de Dayse, o time estabilizou-se na defesa e no ataque e começou a colocar pressão no Volero. Com ataques para fora, o time da casa deu mais dois pontos para as brasileiras, que abriram 13-7.

Porém, logo após o time suiço pedir tempo, começou a reaçâo que deixou o placar em 15-13 para o Sesi. A equipe paulista ainda conseguiu ir para o segundo tempo com 16-13. No retorno, o Sesi reencaixou seu jogo, voltou a abrir seis pontos e consefuiu até mais, fechando em 25-16 e diminuindo para 2 a 1.

O Sesi começou o quarto set no mesmo pique do terceiro e logo abriu novamente quatro pontos (8-4) antes do primeiro tempo. Na volta, mesmo ainda errando algumas jogadas, o time brasileiro conseguiu até ampliar a vantagem e fez 16-11. Bem melhor do que no começando jogo, o Sesi fechou o set em 25-15, empatando o jogo em 2 a 2.

O tie-break começou melhor para o time da casa, que se colocu na frente com 2 a 0. As brasileiras empataram em 4 a 4, mas em seguida levaram quatro pontos e viraram o lado perdendo de 8-4. No reinicio, fizeram dois pontos seguidos, reduzindo a vantagem.

Na reta final, o Sesi chegou  ao empate em 10 a 10, mas se complicou cedendo logo depois dois pontos para o Volero. Talmo parou o jogo para arrumar a equipe e  não obteve exito. Carcaces bloqueou Dayse, Golubovic parou Pri Daroit e  em contra-ataque, Rykhliuk fechou o jogo em 15-10 para o time da Suíça.

Rykhliuk, com 25 pontos, foi a maior pontuadora. Pelo Sesi, Fabiana, com 14 pontos, liderou a equipe.

 

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x