Search
Monday 21 September 2020
  • :
  • :

Sollys/Nestlé leva susto, mas vence Uniara/Araraquara no encerramento do 1º turno

 27/09/11 – O Sollys/Nestlé venceu o Uniara/Araraquara nesta terça-feira no Ginásio Municipal José Liberatti, em Osasco, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Paulista. A equipe do técnico Luizomar de Moura venceu as rivais por 3 sets a 1, com parciais de 22-25, 25-20, 25-14 e 25-21, em 1h48 minutos de confronto. Os destaques do Sollys foram a ponteira Jú Costa, maior pontuadora do jogo com 19, e o retorno da central Adenízia, que estava com a Seleção Brasileira. Com a vitória, o Sollys termina o primeiro turno com o melhor desempenho da competição estadual. 

 
Apesar de ocupar a terceira colocação, o Sollys/Nestlé seria líder da competição se a mesma adotasse a pontuação aplicada no voleibol mundial e que será aplicada na Superliga 2011/12. Em todos os campeonatos internacionais e na próxima Superliga, o time que vence por 3 a 0 e 3 a 1 soma três pontos e o perdedor não ganha nada. As vitórias por 3 a 2 concedem dois pontos ao vencedor e um ao derrotado. Vôlei Futuro, SESI-SP e Sollys/Nestlé venceram cinco jogos por 3 a 0 ou 3 a 1, porém, o Sollys foi o único que, quando perdeu, conseguiu “roubar” dois sets do rival. Com a pontuação da Superliga, o Sollys teria 18 contra 17 pontos dos rivais.
 
“Se a pontuação do Paulista fosse igual a da próxima Superliga estaríamos com 18 pontos na frente tanto do Vôlei Futuro quanto do SESI-SP. Então essa busca pela vitória por 3 a 0 ou 3 a 1 passa a ser muito importante e na Superliga será um diferencial”, afirmou Luizomar, que alertou sua equipe da importância de não perder sets. “O Campeonato Paulista sempre foi um grande laboratório para as equipes e uma das coisas que tenho passado para a equipe é relacionado a pontuação que iremos ter na Superliga. As vitórias por 3 a 0 e 3 a 1 valerão três pontos e a vitória por 3 a 2 apenas dois. É muito importante que isso seja assimilado”, completou o comandante.
 

Com relação ao jogo, o Sollys foi surpreendido na primeira parcial, porém, em seguida retomou a confiança e controlou o restante do confronto. “Perdemos um set e começamos com muitos erros, o que fez a equipe perder um pouco da confiança. Porém, na sequência conseguimos buscar um resultado importante e conquistamos o nosso objetivo, que era terminar com o mesmo número de pontos e junto com os nossos adversários na liderança”, comentou o treinador. Pela pontuação do Paulista, Vôlei Futuro, SESI-SP e Sollys possuem 13 pontos, com a equipe de Araçatuba na liderança e com o SESI em segundo pelos critérios de desempate.

 
 
Outro fator de relevância na partida foi o retorno da central Adenízia. Luizomar destacou a importância da jogadora, que foi titular do Sollys/Nestlé nas últimas duas Superligas. “A Adenízia é uma referência da nossa equipe. É uma jogadora titular do Sollys há três temporadas e que tem muito potencial. Tenho certeza que ela gostaria de seguir com a Seleção Brasileira, porém, ela sabe da importância que é estar aqui. Essa motivação de estar de volta ao clube pode fazer com que ela retorne para a Seleção. A atuação no clube é determinante para estar na Seleção. O que leva um atleta a representar o Brasil é jogar bem pela sua equipe e conquistar campeonatos. Agora ela precisa se focar para fazer um grande Campeonato Paulista e Mundial e se preparar para brigar por uma vaga na próxima Olimpíada”. 
 

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x