Search
Wednesday 30 September 2020
  • :
  • :

Sollys/Nestlé vence atual campeão mundial e termina na liderança do grupo A

Foto: Rafael Zito

O Sollys/Nestlé realizou nesta segunda-feira seu segundo jogo pelo Campeonato Mundial de Clubes 2012. Após a vitória na estreia diante das chinesas do Bohai Bank, as brasileiras entraram em quadra novamente e venceram o Rabita Baku, do Azerbaijão, em confronto disputado no Ginásio Aspire Dome, em Doha, Qatar. O time laranja derrotou o atual campeão mundial , de virada, por 3 sets a 1, com parciais de 22-25, 25-20, 25-19 e 25-20, em 2 horas de partida. Com o resultado positivo, as comandadas do técnico Luizomar de Moura fecham a fase de classificação na liderança do Grupo A e enfrentam o segundo colocado da outra chave.
 

Com 20 pontos, a ponteira Fernanda Garay foi a jogadora que mais pontuou e foi decisiva para a virada do Sollys. “Começamos o jogo errando muito e isso facilitou o primeiro set para elas. Não que elas não tenham tido méritos, pois são grandes jogadoras e formam uma excelente equipe, mas acredito que a partir do momento no qual diminuímos os erros a partida ficou igualada e tivemos mais vantagens, principalmente, quando melhoramos no saque, no entanto, acho que tivemos uma evolução em todos os demais fundamentos. Acho importante destacar também as entradas das meninas (Ivna e Karine) na reta final do primeiro set quando o Luizomar fez uma inversão e o Sollys/Nestlé retornou com outro astral para o segundo set”, analisou Garay. 
 

Para Luizomar, a partida teve dois momentos importantes e as informações táticas e a postura da equipe foram determinantes para a virada. “Nós conhecíamos as atletas individualmente, mas não sabíamos como elas jogavam como equipe. São jogadoras bem conhecidas internacionalmente, mas não sabíamos a questão tática do jogo delas. Não podemos tirar os méritos do Rabita no primeiro set, pois a levantadora jogou o tempo todo com o passe na mão e conseguiu usar suas boas atacantes sem que o nosso bloqueio pudesse neutralizar. Ainda no primeiro set o grupo mostrou sua força com as boas entradas da Karine e da Ivna. As duas entraram bem e a Ivna nos deu um poderio de bloqueio e ataque que foram importantes naquele momento. Do segundo set em diante passamos a receber as informações táticas com a nossa estatística e conseguimos melhorar taticamente dentro da partida”, declarou o comandante.  
 

Além da questão tática, o treinador destaca a evolução nos fundamentos técnicos como saque e a defesa. “A partir do segundo set o nosso saque começou a fazer a diferença e conseguimos melhorar a qualidade do nosso fundamento e isso foi determinante. A equipe entendeu e foi se ajustando durante a partida e quando o saque começou a fazer efeito o jogo se tornou mais controlado”, afirmou. Depois de jogar por dois dias seguidos, o Sollys/Nestlé folga nesta terça-feira. Rabita Baku e Bohai Bank duelam pela segunda posição da chave. A fase semifinal começa na próxima quinta-feira (18) e o jogo das laranjas acontece às 4h (horário de Brasília). As brasileiras aguardam o segundo colocado do Grupo B, que conta com o Fenerbahce, da Turquia; o Lancheras de Catano, de Porto Rico; e o Kenya Prisons, do Quênia. 

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x