Search
Wednesday 21 October 2020
  • :
  • :

Sport Recife representa o Nordeste na Superliga B

  Foto da notícia 09/01/12 – O Sport Recife (PE) foi a primeira equipe nordestina a disputar a Superliga feminina, na temporada 07/08. Em 12/13, o time pernambucano quer repetir o feito, desta vez com a equipe masculina. Por isso, a equipe comandada pelo técnico Carlos Gilberto espera subir ao lugar mais alto do pódio na Superliga B, que começará na próxima quinta-feira, em Pindamonhangaba (SP).


O Sport Recife está no grupo A da competição, ao lado de Funvic/Midia Fone (SP), Morro da Fumaça (SC) e UFC/Ceará (CE). Na estreia, na quinta-feira, o time do Nordeste terá pela frente a Funvic/Midia Fone, equipe de Pindamonhagaba que sediará as disputas do primeiro grand prix da competição. Os jogos serão disputados no Centro Esportivo Juca Moreira.

Outras quatro equipes disputam a competição e estão no grupo B: Santo André (SP), Climed/Atibaia (SP), Apav/Canoas (RS) e Clube do Remo/AABB (PA). Estes times entrarão na disputa a partir da segunda rodada, entre os dias 19 e 21 de janeiro, quando será realizado o primeiro grand prix da chave B no ginásio Pedro Dell´Antonia, em Santo André (SP)

O Sport Recife mantém a mesma base há três temporadas, em parceria com a Faculdade Maurício de Nassau. Os principais destaques do time são o ponteiro Adriano, ex-jogador de vôlei de praia, e o líbero Rodolfo, com passagem pela seleção brasileira juvenil.

Em 2011, o time pernambucano chegou à Fase Final da Liga Nacional e terminou na sexta posição. A equipe foi campeã da Liga Nordeste e vice-campeã dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBS).

O pernambucano Carlos Gilberto, de 34 anos, trabalha há oito anos nas categorias de base do Sport Recife. É treinador também das seleções pernambucanas de base. Em 2010, assumiu o comando do time adulto do time do Sport.

“Temos um grupo bastante experiente e entrosado, que está junto há três anos e disputou diversas competições. Com os reforços que trouxemos para esta competição, acredito que temos tudo para fazer um bom papel. Nosso primeiro objetivo é superar a primeira fase e chegar às semifinais. Alcançando esta meta, vamos brigar pela vaga na Superliga”.

Entenda a Superliga B

O campeão da Superliga B garantirá vaga na Superliga A na edição 12/13. As duas competições serão realizadas em paralelo e a CBV tem como objetivo proporcionar um maior equilíbrio às duas disputas e, ainda, ampliar o alcance geográfico.

O sistema de disputa é diferente da Superliga A. Na fase classificatória, as oito equipes serão divididas em dois grupos de quatro. Ao todo, os times disputarão quatro etapas classificatórias no sistema de grand prix. Em cada disputa, uma equipe sediará os jogos e receberá em seu ginásio as outras três. Todos jogarão contra todos e acumularão pontos dentro de seu respectivo grupo.

Ao final da fase classificatória, os dois primeiros colocados de cada grupo passarão para as semifinais, que serão disputadas em uma série melhor-de-três partidas. Os vencedores passarão para a final, prevista para o dia 31 de março. O sistema de pontuação será o mesmo adotado na Superliga A.

Com a criação da nova categoria, a Liga Nacional 2012 passará a classificar o campeão para a disputa da Série B da Superliga. 



Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x