Search
Saturday 5 December 2020
  • :
  • :

Stacy Sykora decide encerrar a carreira

Foto: Divulgação/FIVB.

Após o acidente com o Vôlei Futuro em 2011, atleta não conseguiu retomar o alto nível como no Mundial de 2010.

A líbero norte-americana Stacy Sykora decidiu encerrar sua carreira como atleta de vôlei. Aos 35 anos, a jogadora, que compunha o elenco do italiano Urbino, jogou muito pouco nesta temporada e já dava sinais de que em breve largaria o esporte profissional. Sykora já atuou em diversas ligas em todo o mundo e defendeu durante 12 anos a camisa da seleção dos Estados Unidos, participando de três Olimpíadas.

“Vai demorar até eu me entregar. De A a Z, recomeço do A. Não sei o que eu vou fazer ainda, mas com certeza será o meu melhor”, disse a líbero.

Durante duas temporadas, a atleta foi o símbolo da extinta equipe feminino do Vôlei Futuro, de Araçatuba, que além de líbero, tinha estrelas como Walewska, TandaraPaula Pequeno e Fernanda Garay. Em abril de 2011, durante a fase final da Superliga Feminina, o ônibus que levava a delegação do time do interior para o ginásio José Liberatti, em Osasco, tombou e sofreu um grave acidente. A norte-americana foi a única a sofrer ferimentos graves, foi internada com um corte profundo na cabeça e teve a visão afetada pelo acidente, sequelas que encurtaram a vida esportiva da atleta. Sykora chegou até a voltar para Araçatuba na temporada seguinte, inclusive com muita festa de jogadoras e torcida, foi para o italiano Urbino nesta temporada, mas não alcançou a mesma performance de antes, que havia encantado o mundo.

A última grande atuação da jogadora foi no Campeonato Mundial de 2010 quando foi eleita a melhor líbero da competição, mesmo com os Estados Unidos ficando na quarta colocação do torneio. Naquele mesmo ano, os EUA, com Sykora, conquistaram a medalha de ouro no Grand Prix. “Quero que as pessoas se lembrem de mim por meus prêmios individuais, como o do Mundial de 2010, que se lembrem de quando eu jogava em alto nível. Hoje, ao meu ver, eu já não posso dar o meu máximo”, completou.

Foto: Alexandre Loureiro/VIPCOMM.

Foto: Alexandre Loureiro/VIPCOMM.

Carreira

2012/2013 – Urbino (Itália)
2010/2012 – Vôlei Futuro
2009/2010 – Omsk (Rússia)
2007/2008 – Altamura (Itália)
2005/2006 – Las Palmas (Espanha)
2004/2005 – Jesi (Itália)
2003/2004 – Modena (Itália)
2000/2003 – Ravenna (Itália)

Principais conquistas

Ouro: Grand Prix (2010); Prata: Campeonato Mundial (2002) e Olimpíadas de Pequim (2008). Melhor líbero e defesa do Campeonato Mundial (2010) e melhor defesa das Olimpíadas de Atenas (2004).

 

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x