Search
Tuesday 1 December 2020
  • :
  • :

Talita e Taiana são vice-campeãs na China e abrem na liderança

Foto: FIVB

Pela primeira vez na edição 2013 do Circuito Mundial, Talita e Taiana chegam a uma final e não conquistam o título. Ainda assim, com o segundo lugar no Grand Slam de Xiamen (CHN), na manhã deste domingo (27/10), as brasileiras aumentaram ainda mais a diferença na liderança do ranking sobre as alemãs Semmler e Holtwick, que terminaram em quarto lugar. A vantagem, agora, a duas etapas do fim da temporada, é de 736 pontos, com 1.000 ainda em jogo.

Com o vice-campeonato nas areias chinesas, Talita e Taiana marcaram mais 720 pontos, atingindo 7.210. Já as alemãs computaram 560 e chegaram aos 6.474. Como restam apenas as etapas Open de Phuket, na Tailândia, já na próxima semana, e de Durban, na África do Sul, de 11 a 15 de dezembro, só mesmo um desastre para tirar o título da temporada das brasileiras, que foram campeãs de cinco das dez etapas Grand Slam, em Xangai (CHN), Haia (HOL), Roma (ITA), Long Beach (EUA) e Berlim (ALE).

Líderes e vice-líderes do ranking mundial, inclusive, mediram forças na madrugada deste domingo, horário de Brasília. Na luta por uma das vagas na decisão em Xiamen, Talita e Taiana não tomaram conhecimento de Semmler e Holtwick e as despacharam com uma boa vitória por 2 a 0, parciais de 21/13 e 21/19. Na outra semifinal, numa reedição da final do Grand Slam de São Paulo, novamente as americanas Kerri Walsh e April Ross bateram as alemãs Ludwig e Walkenhorst: 2 a 0 (21-15 e 21-10).

Portanto, um teste de fogo para Talita e Taiana na grande decisão. Pela frente, a atual tricampeã olímpica ao lado de uma atleta campeã do mundo em 2009. Uma parceria que estreou no Grand Slam de Gstaad (SUI), onde conquistou apenas um nono lugar, e que só voltou a jogar junta dois meses depois, justamente em São Paulo, quando levou o título e já mostrou que dará muito trabalho a qualquer adversário nesse ciclo olímpico que culminará nos Jogos do Rio/2016.

E Kerri Walsh e April Ross, nesse inédito duelo contra Talita e Taiana, foram logo apresentando suas credenciais às líderes do ranking. Abriram 3/0 e, aos poucos, foram aumentando a vantagem (9-5, 15-10 e 17-11), sem dar qualquer chance de reação às brasileiras, com destaque para os bons saques de Ross, que soube aproveitar o forte vento em Xiamen. No fim, com um bloqueio da própria Ross, uma defensora de 1,85m, a dupla americana fechou o primeiro set em 21-14.

Mas um dos fortes lemas de Talita e Taiana é o de não desistir jamais, lutando por todas as bolas como se cada ponto fosse o do título. E foi assim que jogaram o segundo set. O jogo passou a ser outro, com o domínio mudando de lado. As brasileiras diminuíram os erros e, mais concentradas, conseguiram se manter sempre à frente no placar. Chegaram a abrir 14-7 e fecharam em 21-17, num ataque de Taiana. O tie break seria o tira-teima de uma partida com dois sets distintos.

Como no primeiro, as americanas logo abriram 4-0. Só que, desta vez, as brasileiras trataram de tirar logo a diferença, que caiu para um ponto (6-5). Mais centradas, porém, Walsh e Ross chegaram aos 12-8 e ao título com um 15/12, num ataque fulminante da tricampeã olímpica, que volta a pedir passagem nas areias mundo afora. Ludwig e Walkenhorst completaram o pódio, ao vencerem a disputa alemã pelo terceiro lugar contra Semmler e Holtwick: 2 a 0, parciais de 21-14 e 21-19.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x