Search
Thursday 3 December 2020
  • :
  • :

Tandara celebra aniversário com 30 pontos e classificação no Super Vôlei

Triunfo garantiu Osasco na semifinal. (Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

Foi o presente de aniversário mais suado da vida de Tandara. A oposto comemorou de forma especial o aniversário de 32 anos na reedição da final do Campeonato Paulista, quando Osasco São Cristóvão Saúde bateu o Sesi Vôlei Bauru na partida que começou na quinta-feira (29) e entrou na madrugada desta sexta (30). Com o resultado, garantiu a classificação para a semifinal do Troféu Super Vôlei Banco do Brasil. A vitória foi dramática e na base da superação, com placar de 3 sets a 2, com parciais de 25/19, 23/25, 22/25, 32/30 e 15/11, em 3h02min no Centro de Desenvolvimento de Voleibol, em Saquarema, no Rio de Janeiro.

Nesta sexta-feira (30), Tandara quer mais um presente para fechar o dia do aniversário com chave de ouro. Quer a vitória contra o Dentil Praia Clube na disputa da vaga para a final. O jogo será às 19h, com transmissão do Sportv 2. “Que jogo. Foi muito duro, mas tivemos muita garra e comprovamos que esse time não desiste. Isso é Osasco. E tem um gosto especial porque já passou da meia noite e é meu aniversário. Agora vamos pra cima, com tudo em busca da final. Teremos apenas algumas horas para nos recuperar, mas queremos muito esse título”, disse a oposta, maior pontuadora da partida, com 30 acertos, e eleita MVP da partida em eleição nas redes sociais de Osasco, com 36/8% dos votos.

O Troféu Super Vôlei foi criado pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) para suprir a não realização do playoff da Superliga 19/20, cancelado em razão da pandemia de Covid-19. Além da semifinal entre Osasco São Cristóvão Saúde x Dentil Praia Clube, Sesc RJ Flamengo e Itambé/Minas se enfrentam por um lugar na decisão, programada para sábado (31).

O Jogo – Com um bloqueio de Jaque, Osasco fez 5/3 no início da partida. Com Bia, no bloqueio, chegou a 9/7. Após um longo rali de 39 segundos, Tandara explorou o bloqueio no 11/7. A oposta, que engatou uma série de seis saques, marcou de novo no 12/7. Tainara fez 15/9. Quando Bauru encostou (15/12), Luizomar pediu tempo. Com um ace, Roberta ajudou a recuperar a vantagem no 17/13. O saque continuou entrando e a equipe de Osasco fez 19/13. Jaque, no jeito, atacou da entrada para fazer 21/16. A ponteira também fez o set point (24/18) A vitória veio com Tainara (25/19).

O segundo set começou equilibrado. Após três erros de recepção, o Sesi fez 10/7, forçando Luizomar a pedir tempo. Mas os problemas continuaram e o time de Bauru chegou a 13/7. Tandara, com habilidade na largada, quebrou a sequência de saque no adversário (8/13). Gabi Cândido entrou bem no saque, com direito a ace, e Osasco empatou (14/14). Jaque, no bloqueio, garantiu a virada no 16/15. Mas o Sesi conseguiu virar (20/18) e Osasco gastou seu segundo pedido de tempo. Mayany, com oportunismo na rede, garantiu mais uma igualdade no 20/20. Com Tandara, o placar foi para 22/22. O equilíbrio seguiu até o final e, apesar dos 7 pontos de Tandara, as bauruenses conseguiram a vitória por 25/23 e empataram a partida.

Quando Bauru abriu 6/3 logo no início do terceiro set, Luizomar precisou parar o jogo. Mas sua equipe seguiu com problemas na virada de bola e o adversário ampliou no 8/3. Tandara, da saída de rede, desceu o braço, Osasco encostou (9/12) e o Sesi pediu tempo. Mas o adversário abriu (16/9) e o treinador osasquense precisou parar o jogo novamente. Gabi Cândido marcou o 15º ponto de Osasco (15/19). Tainara, de saque, diminuiu a desvantagem (16/19). No bloqueio de Mayany, encostou (no 18/20 e 22/24). Mas a reação não avançou e o adversário fechou em 25/22 e virou a partida.

Naiane, que entrou no terceiro set, seguiu em quadra para a quarta parcial, assim como Gabi Cândido e Tainara (que voltou no lugar de Jaque). Mas quem manteve mais volume foi Bauru, que abriu 4/1. Roberta voltou para quadra quando o rival fez 6/2. Com dois bons saques e um ataque na pipe, Taianara colocou Osasco no jogo, apenas um ponto atrás (7/8). A partir daí, o equilíbrio reinou, om o time osasquense tentando assumir a ponta. O empate, no 14/14, veio após uma pancada de Tandara. Com três pontos de Gabi, seguiu a perseguição (18/19). O empate, em 19/19, veio com Tainara. Com Tandara, veio o 21/21. Paracatu fez 24/24. ) 25/25 e o 26/26 vieram com Gabi. A virada veio com um erro do rival: 27/26 . Tainara conseguiu mais um set point (29/28). E depois de muita luta, a ponteira garantiu a vitória por 32/30.

Com um bom saque, Roberta fez 2/0 para Osasco no início do quinto set. Com dois pontos de Mayany, abriu 4/1. Tandara conseguiu uma largada com habilidade e a vantagem subiu para quatro pontos (6/2). Ligado no jogo, Luizomar pediu tempo quando o Sesi fez dois pontos seguidos (7/4). Após grande defesa de Camila Brait, Tandara marcou mais um ponto (8/4) para colocar fim a um rali de 34 segundos. Depois de outra defesa, desta vez de Kika, Gabi fez 11/5. O treinador osasquense parou o jogo de novo quando a vantagem caiu para três pontos (11/8). Mas o rival encostou no 11/10. Roberta, na bola de xeque, desafogou: 12/10. Na bola de segunda, a levantadora fez 13/11. Tainara conseguiu o match point. Mayany, no bloqueio, garantiu a vitória por 15/11.

Osasco São Cristóvão Saúde: Roberta (4), Tandara (30), Jaque (6), Tainara (16), Mayany (14), Bia (3) e a líbero Camila Brait. Técnico: Luizomar. Entraram: Naiane, Gabi Cândido (11), Kika, Paracatu (3).

Sesi Vôlei Bauru: Carol Leite (2), Tifanny (21), Suelle (3), Polina (21), Mara (9), Adenízia (18) e a líbero Brenda Castillo. Técnico: Anderson Rodrigues. Entraram: Fê Isis (1), Vanessa Janke (3), Maria Luiza, Julia.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x