Search
Monday 28 September 2020
  • :
  • :

Técnico de Rio do Sul exalta conquistas mesmo após dificuldades: “Demos duro durante todo o campeonato”

Foto: Clóvis Eduardo Cuco/Rio do Sul

Um gostinho de decepção por uma nova derrota, mas ao mesmo tempo a sensação de felicidade pois todas as dificuldades ao longo da temporada foram sendo superadas gradualmente com esforço do grupo e união. Este é o sentimento de atletas e comissão técnica do time Rio do Sul/Equibrasil após a derrota sofrida em casa por 3 sets a 2 para o Barueri na noite desta sexta-feira no ginásio Artenir Werner. Com parciais de 15-21, 21-10, 21-13, 17-21 e 12-15, a partida teve a mesma característica do confronto do primeiro turno, com o jogo sendo decidido nos detalhes no set desempate.

Mesmo somando um ponto e com a derrota do do Decisão Engenharia/Minas (MG) e Uniara/AFAV de Araraquara (SP), o time catarinense não avançou na tabela e acabou terminando o returno apenas em 13° lugar entre os 14 participantes. É uma posição que pode deixar o torcedor insatisfeito, mas ao mesmo tempo realista, na visão do técnico Rogério Portela.

“A gente deu duro durante todo o campeonato. Perdemos jogadoras importantes por lesão, a cidade e o nosso ginásio de treinos foi atingido por uma enchente, tivemos que nos dividir em três competições simultâneas como os Jogos Abertos, o campeonato Catarinense e a Superliga com um plantel pequeno, mas cada um tem sua conquista. Fizemos bons jogos e levamos o nome da cidade para todo o país, com muito esforço e dedicação”, observou o treinador ao final da partida.

Após o jogo, atletas e comissão aproveitaram para conversar durante quase 1h30 no vestiário, e o clima era de compreensão entre todas as dificuldades e conquistas ao longo da temporada. A capitã Ciça deixou claro que em mais de 15 anos dedicados ao voleibol profissional, nunca teve um campeonato tão desgastante, mas ao mesmo tempo, um grupo tão unido e especial para jogar.

“Mesmo com toda a bagagem, foi um campeonato de aprendizado, de conquistas individuais e coletivas, e de muita luta. Foi sacrificante por toda a dor, esforço nos treinos, jogos e viagens, a saudade da família longe e o compromisso de ter resultados melhores. Eu acredito que todos saem de cabeça erguida pelo que apresentaram nesta Superliga, e estou muito feliz por ter feito parte de um grupo tão trabalhador e cheio de respeito e carinho”, disse a oposta.

Portela elogiou as atletas, desculpou-se pelos momentos de tensão dentro do grupo, mas ratificou o desejo que todas as jogadoras possam crescer, tanto no voleibol, como na vida. “Temos meninas aqui muito talentosas, esforçadas e que podem crescer ainda mais no seu voleibol. Agora, com o final da temporada, cada um deve tomar as suas decisões e ter consciência de que o resultado e o sucesso vem com muito trabalho”.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x