Search
Friday 30 October 2020
  • :
  • :

Único representante brasileiro, Rexona viaja à Argentina para a disputa do Sul-Americano

Crédito: Marcio Rodrigues/MPIX

Crédito: Marcio Rodrigues/MPIX

 

Sobrando na disputa da Superliga 15/16, o Rexona-AdeS dará um tempo na maior competição brasileira de vôlei para defender o título Sul-Americano. Representante do Brasil no torneio continental, a equipe comandada por Bernardinho embarcará nesta segunda-feira (22/02) para La Plata, na Argentina, e espera repetir as boas atuações dos últimos meses. A estreia será na quarta (24/02), às 21h, contra um dos representantes da casa, o GELP.

 

Acostumado a destrinchar a tática de seus adversários em longas sessões de vídeo, o técnico Bernardinho confessa que terá que mudar um pouco seu estilo, já que não possui muitas informações sobre as equipes sul-americanas. No entanto, o treinador carioca confia em suas jogadoras para estar na fase decisiva da competição, no próximo final de semana.

 

“Não temos muitas informações. Estrearemos já contra uma equipe argentina, da casa, e precisaremos estar atentos para fazer um bom jogo. Imaginamos que os dois times argentinos e o peruano são mais qualificados que os outros. Durante a competição, na fase inicial, temos que aproveitar para saber mais sobre estes adversários. Desta maneira, poderemos ter os dados necessários para a fase do final de semana, semifinal e final, que é o que realmente conta”, disse Bernardinho.

 

Em busca do tricampeonato sul-americano, o Rexona-AdeS irá com força total. Mas o trabalho realizado na Argentina, ao longo desta semana, terá também outro objetivo: manter o bom desempenho na Superliga.

 

“Demos uma parada, com uma folga de dois dias, e agora é a hora de retomarmos o trabalho duro. Até porque não é apenas o Sul-Americano que está em jogo. É uma competição importante, sim, mas vamos dedicar essa semana de trabalho, de jogos, para continuar evoluindo, pensando na continuidade da Superliga”, encerrou Bernardinho.

 

Bicampeão

Nas duas últimas participações em Sul-Americanos, o Rexona-AdeS ficou com o título da competição. Em 2013, levantou o troféu no Peru e dois anos depois, diante e na casa do maior rival, Osasco, sagrou-se bicampeão.

 

Transmissão na internet
De acordo com a organização do Sul-Americano de clubes 2016, as partidas terão transmissão através do site da Confederação Sul-Americana de Vôlei (www.voleysur.org)

 

Confira a tabela da competição – Sul-Americano de Clubes 2016

 

Grupo A – Villa Dora (ARG), San Martín (PER) e Juan Ferreira (URU)
Grupo B – Rexona-AdeS (BRA), GELP (ARG) e Olympic (BOL)

Quarta-feira (24.02)
18h – Villa Dora x Juan Ferreira
21h – Rexona-AdeS x GELP

Quinta-feira (25.02)
18h – San Martín x Juan Ferreira
21h – Olympic x GELP

Sexta-feira (26.02)
18h – Villa Dora x San Martín
21h – Rexona-AdeS x Olympic

Sábado (27.02) – Semifinais
18h – 1º colocado do grupo B x 2º colocado do grupo A
21h – 1º colocado do grupo A x 2º colocado do grupo B

Domingo (28.02)
21h – Final




Subscribe
Auto Notificar:
guest
4 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
alexandre

O nível técnico do Sul americano feminino é baixíssimo, as equipes brasileiras estão anos luz a frente. Com certeza o Rexona vencerá sem perder nenhum set porque as equipes são praticamente amadoras. O campeonato serve para que as jogadoras de outros países tenham contato com as brasileiras que elas admiram e as motivaram a praticar esse esporte tão leal e gostoso. A vaga no mundial será só um protocolo que o time do Rio terá que cumprir. O fato de não ter transmissão é entendível, não vale muito a pena mostrar algo previsível, desorganizado. Nem os jogos da seleção brasileira… Ler mais »

Maria Nazareth da Silva

Pessoal, a “Rede Repeteco de Futebol”, avisou que vai passar o jogo Brasil x Alemanha KKKKKKKKKKKKKKKKKKK.

Will Lopes

O Campeonato Sul Americano masculino foi transmitido pelo Esporte Interativo, já o feminino não nenhuma informação de transmissão ainda, embora vamos analisar, campeonato muito fraco e sem impacto algum.

Vicente Maia

É incrível que o campeonato Sul-Americano de vôlei feminino não seja transmitido por nenhum canal de televisão. O desprestígio desse esporte no Brasil é crescente. Boa sorte para o time do Rio de Janeiro, que represente bem esse país tão ingrato com seu esporte.

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x