Search
Tuesday 1 December 2020
  • :
  • :

Unilever embarca para disputa da Copa Brasil‏

Foto: Divulgação/Unilever

O Unilever Vôlei embarcou na manhã desta quarta-feira (15/01) para Maringá (PR), onde será disputada a Copa Brasil. A equipe comandada por Bernardinho vai em busca do bicampeonato da competição, já que levou a primeira edição, em 2007, e atrás da vaga brasileira no Campeonato Sul-Americano, concedida ao campeão. A estreia será diante do Rio do Sul (SC), nesta quinta (16/01), às 17h, no ginásio Chico Neto.

A competição será disputada em sistema de eliminatória simples, entre oito clubes. Sendo assim, caso vença, o Unilever Vôlei disputará, na sexta-feira (17/01), uma das semifinais. A decisão está marcada para sábado (18/01), mas, de acordo com Bernardinho, o caminho até lá será bem complicado.

“Esperamos jogar os três jogos, é claro. São partidas seguidas, de quinta a sábado, e não será simples para ninguém. A competição promete ser muito dura. Vejo Osasco e Campinas com planteis superiores ao nosso e o Uberlândia começando a jogar bem. O Sesi está numa situação semelhante à nossa, buscando sua melhor condição, e ainda têm os demais, franco atiradores. Estrearemos contra o Rio do Sul, que nos venceu na Superliga. Precisamos estar atentos desde o início”, analisou Bernardinho.

A ponteira Gabi e a levantadora Fofão não estavam no Unilever Vôlei quando a equipe carioca conquistou a Copa Brasil, em 2007. E apesar de viverem situações distintas, ambas querem muito o título, que ainda não têm em suas carreiras.

Ainda uma menina de 12 anos quando o Unilever Vôlei venceu a Copa Brasil, em 2007, Gabi espera estrear comemorando. “Será uma competição difícil e, sem dúvida, desgastante. É mata-mata e teremos que estar bem fisicamente. A concentração também é extremamente necessária para não bobearmos. O título dá uma vaga para o Sul-Americano e espero que consigamos ser campeãs”, disse a ponteira.

Fofão já era consagrada em 2007 e estava prestes a conquistar o ouro olímpico, em 2008. No entanto, ainda não vestia a camisa do Unilever Vôlei. Agora, sete anos e muitos troféus depois, a levantadora quer muito essa medalha.

“É muito bom ver mais uma competição em nosso calendário, já que sempre jogamos só a Superliga. E seria ótimo ter mais esse título na minha carreira. É atrás disso que vamos, mas será um caminho difícil. Estarão em quadra as oito melhores equipes da última Superliga e os jogos acontecerão em três dias seguidos”, encerrou Fofão.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x