Search
Wednesday 14 April 2021
  • :
  • :

Vaccari e Michel atingem marca de 100 jogos pelo Vôlei Renata

Ponteiro e central vivem boa fase na equipe. (Foto: Divulgação)

Vaccari e Michel fazem funções diferentes no Vôlei Renata, desempenham papéis distintos dentro de quadra, mas são unidos por uma trajetória bastante parecida no projeto. Eles chegaram juntos ao time campineiro em 2018, se consolidaram como destaques em suas respectivas posições, conquistaram títulos e, praticamente ao mesmo tempo, ultrapassaram uma marca notável: a de 100 jogos com a camisa do projeto.

Na história do Vôlei Renata apenas dez jogadores ultrapassaram 100 jogos. A dupla, que conquistou o Paulista em 2020 e a Copa São Paulo em 2019, entrou nesse hall na reta final da primeira fase da Superliga Banco do Brasil. O lugar não poderia ser outro: o Ginásio do Taquaral. Vaccari atingiu a marca contra o Vedacit/Guarulhos, pela oitava rodada do returno da competição. Na partida seguinte, contra o Vôlei Um/Itapetinga, foi a vez de Michel.

“Me sinto honrado em vestir 100 vezes essa camisa. No Vôlei Renata tive a primeira oportunidade na Superliga adulta como titular, cresci como pessoa e também como profissional. Aqui é um lugar que me deu toda oportunidade e onde sou muito feliz”, comenta o ponteiro Vaccari, que, assim como Michel, recebeu uma camisa em comemoração ao feito.

“É uma emoção e uma felicidade muito grande. Ainda mais para mim, que tentei entrar no projeto quando era juvenil, não passei na peneira, mas acabei chegando pela porta da frente alguns anos depois. Essa marca diz muito sobre quem nós somos e sobre o projeto Se não fosse um time respeitoso e que honrasse seus compromissos, nós não permaneceríamos todo esse tempo. Consequentemente, se não tivéssemos nos destacado, não teríamos ficado. Então é um trabalho lindo das duas partes”, acrescenta o central.

A história de Vaccari e Michel começou com a chegada da dupla ao projeto na temporada 18/19, mesmo que por caminhos diferentes. O ponteiro buscava sua primeira oportunidade como titular na carreira, enquanto o central vinha de boas temporadas e tentava manter a ascensão na carreira. No primeiro ano de time, quando chegaram a Campinas, eles dividiram mais do que a quadra, moraram juntos e cresceram em todos os sentidos.

“Adquirimos uma amizade muito grande. Chegamos juntos a Campinas, uma cidade nova, moramos no mesmo lugar no primeiro ano e ganhamos essa proximidade. Quando ele descobriu que ele ia ser pai eu estava do lado dele. Passamos por mudança de carreira, de vida, juntos. Então é maravilhoso compartilhar isso com quem a gente gosta”, explica Michel.

“O caminho que eu e o Michel trilhamos tem muito em comum. Eu cheguei para seguir no desenvolvimento da carreira, o Michel já havia jogado outras temporadas, se destacado na Superliga, mas o mais legal é que crescemos muito como atletas, conquistamos títulos. É difícil resumir esse período. Foram 100 jogos que me trouxeram muita alegria e muito orgulho por estar, ao lado dos meus companheiros, fazendo o que eu gosto”, encerra Vaccari.

Com a dupla em quadra, o Vôlei Renata encerra a primeira fase da Superliga Banco do Brasil contra Caramuru Vôlei, no próximo sábado (06), às 19 horas, no Ginásio do Taquaral, em Campinas. Os campineiros estão garantidos com a terceira melhor campanha da competição.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x