Search
Thursday 29 October 2020
  • :
  • :

Veja as chances de cada um, na reta final da Copa do Mundo

Fotos: divulgação/FIVB

Fotos: divulgação/FIVB

 

São cinco times em disputa direta e um correndo por fora – bem por fora. Se a ausência do Brasil deixou em xeque a qualidade técnica da Copa do Mundo, não se pode dizer que a competição não esteja emocionante. O torneio se aproxima do desfecho sem nenhum claro favorito ao troféu nem aos dois bilhetes para o Rio-2016. Mas isso não quer dizer que estejam todos em pé de igualdade nem que a tabela, agora, não esteja mais simpática a algum dos postulantes ao título ou às vagas olímpicas.

 

Da Argentina, com nove pontos e três vitórias, à Argélia, sem vitórias nem pontos, todos os times serão meros coadjuvantes no decorrer da semana. O máximo que essas duas seleções, Quênia, Cuba, Peru e Coreia do Sul podem fazer é atrapalhar fortuitamente alguém que esteja de fato interessado na disputa.

 

Vejamos quem de fato ainda está na corrida:

 

REP. DOMINICANA – com três derrotas e quatro vitórias, a seleção caribenha depende de uma combinação pesada para, ao menos, superar quatro dos cinco ponteiros e ficar com uma das vagas para o Rio de Janeiro. A missão é muito difícil, porque precisa descontar uma desvantagem de duas vitórias que tem para os concorrentes. Terá dois duelos contra times da dianteira.
Jogos que restam:

 

1º/9 – Coreia do Sul
4/9 – China
5/9 – Argélia
6/9 – EUA

 

SÉRVIA – apesar de estar na quinta posição, a tabela lhe reservou, teoricamente, uma situação privilegiada. Depois de enfrentar o Japão amanhã, o time dos Balcãs terá três adversários entre os piores classificados. Como seus rivais terão, ao menos, dois confrontos diretos pela frente, é provável que o perde-ganha entre os ponteiros indique que uma hipotética derrota amanhã, não seja trágica: talvez baste à Sérvia vencer os três últimos jogos para que, ao menos, carimbe o passaporte para o Rio de Janeiro.

 

Jogos que restam:

 

1º/9 – Japão
4/9 – Cuba
5/9 – Quênia
6/9 – Argentina

 

CHINA – perfazendo o caminho inverso da Sérvia, a China tem um jogo de vitória obrigatória amanhã e encerra contra três contendores pelas vagas – dois, caso a matemática elimine as dominicanas já na terça-feira. É provável, mesmo, que o suspense em relação a suas possibilidades – título, vaga para o Rio ou necessidade de disputar o pré-olímpico – só seja desfeito nas duas últimas rodadas.

 

Jogos que restam:

 

1º/9 – Argentina
4/9 – Rep. Dominicana
5/9 – Rússia
6/9 – Japão

 

RÚSSIA – uma derrota tirou a invencibilidade do time e levou as russas para a terceira posição, por conta do desempate com o Japão nos pontos average. Dos quatro jogos que restam, dois são contra seleções entre as mais fracas e duas partidas são contra a campeã e a vice-campeã do último mundial.

 

Jogos que restam:

 

1º/9 – Peru
4/9 – EUA
5/9 – China
6/9 – Argélia

 

JAPÃO – sede aparentemente perpétua da Copa do Mundo, as japonesas têm boa chance de, finalmente, fazerem valer o mando de quadra que a FIVB sempre lhes dá. No entanto, até o fim da sétima rodada, pesa sobre o Japão ter tido uma tabela mais favorável: dentre as quatro concorrentes suas com só uma derrota na competição, o Japão só enfrentou a Rússia – e perdeu. Agora, a tabela é impiedosa: para sair de Nagoya como campeãs ou, que seja, com tíquete para o Rio, as japonesas terão três adversárias que, até aqui, só perderam no torneio uma vez.

 

Jogos que restam:

 

1º/9 – Sérvia
4/9 – Argélia
5/9 – EUA
6/9 – China

 

EUA – as norte-americanas eram favoritas ao título da Copa do Mundo e, a essa altura do campeonato, ainda são. Mas com uma distância muito menor do que se anunciava antes de começar a disputa. Depois de enfrentar Cuba, num agora ex-clássico do vôlei, os EUA terão pela frente três times que ainda têm por que para lutar. Talvez dois, já que a Rep. Dominicana, no último jogo, pode ser que não tenha mais chance alguma.

 

Jogos que restam:

 

1º/9 – Cuba
4/9 – Rússia
5/9 – Japão
6/9 – Rep. Dominicana

 

Depois da rodada da madrugada de segunda para terça-feira, a Copa do Mundo tem pausa de dois dias para deslocamento das equipes. Veja a sétima rodada completa, pelo horário de Brasília:

 

0h10 – Rússia x Peru (transmissão do SporTV)
0h10 – Quênia x Argélia
3h10 – Rep. Dominicana x Coreia do Sul
3h10 – China x Argentina
6h40 – EUA x Cuba (transmissão do SporTV)
7h20 – Japão x Sérvia

 

Classificação da Copa do Mundo feminina, após a sétima rodada:

 

Imagem: reprodução/FIVB.org

Imagem: reprodução/FIVB.org




Subscribe
Auto Notificar:
guest
1 Comentário
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Ronaldo

Pelo andar da carruagem que ta indo a copa do mundo de volei acredito que Estados unidos e Servia se classificarao pra os jogos do Rio 2016; China e Russia estao no mesmo barco e vao se matar juntas porque elas ainda vao se enfrentar; ja o Japao ta um pouco acima das russas e chinesas na classificaçao mas acredito que na reta final do vamo ver nao darao pra as japonesas; isso poque as japonesas tem ainda pela frente EUA ;China e Servia tabela final favorece muito para as americanas e servias onde tem jogos teoricamente e praticamente fracos

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x