Search
Saturday 26 September 2020
  • :
  • :

Vôlei Amil enfrenta o BMG/São Bernardo em busca de regularidade em quadra no Paulista

Foto: Felipe Christ/Amil

Os resultados são excelentes. Em apenas três meses de existência, o Vôlei Amil soma sete vitórias e um revés no Campeonato Paulista Feminino, o que garante a vice-liderança no torneio estadual mais forte do Brasil. Nesta quarta-feira (26), quando entrar em quadra contra o BMG/São Bernardo, a partir das 18h, no ginásio Poliesportivo da cidade do Grande ABC, a equipe do técnico José Roberto Guimarães vai buscar mais que a vitória. O objetivo é apresentar um padrão de jogo de alto nível e manter esse ritmo do início ao fim da partida para construir o resultado sem dar chances ao adversário.
 

Quem explica é a capitã do time, Walewska. “Contra o Pinheiros, apesar dos 3 sets a 0, nós oscilamos um pouco, o que fez o jogo ficar mais complicado do que deveria. Contra o São Bernardo, que, teoricamente, é um rival mais forte, precisamos imprimir nosso ritmo desde o início. Porque, mesmo fazendo bem a nossa parte, não será uma partida fácil”, explica a meio de rede, medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

Apesar do alto nível de excelência que o grupo do Vôlei Amil persegue nos treinos e a cada rodada, Walewska sabe que os altos e baixos em quadra são o reflexo natural de um time em formação. “Temos pouco tempo juntas e essa equipe saiu do zero, então, tudo isso faz parte. Mas nossa obrigação é seguir evoluindo cada vez mais, já pensando nas finais. Afinal, nos jogos decisivos os adversários não vão ‘perdoar’ nenhum vacilo da nossa parte e isso pode nos custar vitórias importantes na luta pelo título”, completa a capitã da equipe campineira.
 

Base mantida – Para o duelo em São Bernardo, o técnico José Roberto Guimarães manterá a mesma base das rodadas anteriores, com a levantadora Fernandinha, a oposto, Daymi Ramirez, as meio de rede Walewska e Natasha, as ponteiras Pri Daroit e Ju Nogueira e a líbero Suelen. Contra o Pinheiros, a cubana foi a maior pontuadora da partida, com 18 acertos, sendo nove apenas no primeiro set. Para ela, o ataque tem funcionado bem, mas o bloqueio precisa ser mais eficiente. “Temos treinado bastante e claro que já melhoramos muito, mas acredito que podemos fazer muito mais em termos de defesa. E com o trabalho forte que temos feito, vamos conseguir”, afirma.
 

José Roberto concorda. “Temos que pensar no nosso crescimento. A relação bloqueio/defesa é uma preocupação constante e o nosso saque também deve, e pode, ter mais precisão. Sabemos que os erros fazem parte do contesto de um início de trabalho, mas devemos seguir em um crescente já visando a segunda parte do Campeonato Paulista, que são as semifinais para buscar um lugar na grande decisão”, completa o treinador. Para ele, a partir contra o São Bernardo será mais um teste importante para suas comandadas. “Eles melhoraram em relação ao primeiro turno e têm jogadores experientes. Vamos ter que jogar bem para voltar para Campinas com uma boa vitória.”

 



Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x