Search
Saturday 19 September 2020
  • :
  • :

Vôlei Amil falha demais e Unilever é finalista pela décima vez seguida

Foto: Felipe Christ/Vôlei Amil

A Superliga Feminina conheceu neste sábado (12/04) seu primeiro finalista. É a Unilever, que derrotou o Vôlei Amil por 3 a 2 e pela décima seguida vez está na final da competição

Sem trocadilhos com o nome do time, o Vôlei Amil começou a mil por hora. Mesmo com o bloqueio da Unilever marcando bem, as atacantes do time de Zé Roberto estavam muito eficientes. Natália, Kristin e, a maior pontuadora da SL, Tandara rodavam tudo e assim, o primeiro set teve o incomum placar de 21-12 para o time de Campinas.

Durante todo o primeiro set, o locutor da TV Globo insistiu em pronunciar “Mihajlov” para a ponteira da Unilever. Mas curiosamente, no momento em que ele acertou a pronúncia, Mihajlovic entrou no jogo, com um passe na mão e pontos no ataque. Com o passe na mão, Fofão fez a diferença e a Unilever empatou o jogo com 21-15.

Com o bloqueio encaixado, a Unilever dominou também o terceiro set e abriu grande vantagem na parcial. Mesmo com poucos erros, o time de Zé Roberto não conseguia acertar o ataque. Em um os tempos, o treinador chamou Claudinha de lado e deu a maior bronca do mundo, que assustou a quem não está acostumado a acompanhar o vôlei ao vivo sempre. Novamente com um 21-15, a Unilever ficava a um set da decisão.

Mas o problema não era só no ataque do Vôlei Amil, mas na defesa também. Com diversos buracos em coberturas de bola, quase todas as bolas da Unilever caiam na quadra campineira. Zé Roberto tentava manter a calma do time no tempo técnico e a estratégia funcionou. Atrás no placar, o time do Vôlei Amil foi buscar o resultado e fechou a parcial em 21-18, forçando o tie-break.

No set decisivo, e com a pressão maior para o lado de Campinas, por não poder perder de jeito nenhum, o time da Unilever pareceu mais solto. A parcial vinha equilibrada até acontecer dois erros de Natália, dando uma vantagem de três pontos para as cariocas antes da troca de lados. E foi com Natália mesmo, com dois pontos seguidos, que o Vôlei Amil passou na frente com 8-7.

Depois da troca de quadra, o Vôlei Amil parou. Começou a errar demais e foi pouco a pouco entregando a vitória para a Unilever. Com uma rede ruim das cariocas no último ponto, o time de Campinas reagiu, saindo de 14-10 para o empate em 14-14.

Após um rally, a Unilever voltou a ter o match point com 15-14 e desta vez não desperdiçou. Com um bom saque de Mihajlovic, a bola voltou de xeque para Sarah Pavan finalizar em 16-14. Unilever finalista pela 10ª vez seguida.

Tandara foi a maior pontuadora com 19 pontos, seguida por Natália com 18 e Carol, com 16. O Viva Vôlei foi para Fabi.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x