Search
Wednesday 23 September 2020
  • :
  • :

Vôlei Amil joga em São Caetano em busca da classificação para a semifinal da Superliga‏

Foto: Felipe Christ/Vôlei Amil

O Vôlei Amil entra em quadra nesta sexta-feira (28/03) disposto a carimbar seu passaporte rumo a semifinal da Superliga 2013/14. Para conquistar seu objetivo, precisa derrotar o São Cristóvão/São Caetano, fora de casa, para fechar o playoff das quartas de final com placar de 2 a 0 e encerrar a série. A partida será disputada no ginásio Lauro Gomes, a partir das 21h30, com transmissão ao vivo do canal por assinatura Sportv.

O retrospecto aponta amplo domínio do Vôlei Amil nos confrontos diante de São Caetano. Foram três partidas na Superliga, com três vitórias para a equipe de Campinas e com apenas um set perdido. Para o técnico Zé Roberto, o que importa não é o que ficou para trás, mas a próxima rodada. “Estamos em um mata-mata e temos que pensar jogo a jogo. Claro que temos o sonho de disputar uma final, mas a nossa decisão agora é contra o São Caetano. Ganhamos a primeira, mas não esperamos facilidades na casa deles, que têm um time com muita velocidade no ataque. Precisaremos jogar bem e manter a atenção ao nosso sistema defensivo”, analisa o treinador.

Após ganhar a primeira partida da série melhor de três por 3 sets a 0, na Arena Amil, as comandadas de Zé Roberto estão confiantes em mais um resultado positivo, mas mantém o discurso de respeito ao adversário. “Fizemos um jogo muito bom taticamente e soubemos colocar em prática o que havíamos estudado. Mesmo assim, cometemos alguns erros. Treinamos muito para que essas falhas não se repitam desta vez, pois sabemos que não será um jogo fácil em São Caetano”, afirma a oposta Rosamaria, eleita a melhor em quadra na abertura das quartas de final.

A ponteira Natália garante que o Vôlei Amil está preparado para buscar a segunda vitória seguida sobre o São Caetano no espaço de uma semana. “Vamos continuar mantendo força total para tentar encerrar essas quartas de final nesta sexta-feira, porque temos um objetivo maior lá na frente, que é disputar o título da Superliga. Estamos trabalhando muito para passar esta etapa e ir para a semifinal. A disputa está afunilando e é hora de mostrar o máximo em quadra”, afirma a camisa 12.

Para Walewska, é preciso manter a concentração no plano de jogo estipulado por Zé Roberto da primeira a última bola. “Temos apresentado problemas no terceiro set nas últimas partidas. Na abertura dos playoffs também aconteceu. Não podemos bobear e permitir que o adversário cresça na partida. Mas passamos a semana treinando forte e estudando o time do São Caetano e acredito que desta vez o foco será total do início ao fim”, completa a capitã.

Tandara, que não jogou na semana passada em função de entorse no tornozelo esquerdo, sofrido na última rodada da fase de classificação, em Brasília, vive a expectativa de voltar nesta sexta-feira. A maior pontuadora da Superliga já retomou os trabalhos na Arena Amil e será reavaliada antes do jogo em São Caetano. Com os dados da atleta em mãos, a comissão técnica decidirá se ela entrará em quadra. Na vitória por 3 a 0 sobre São Caetano, Rosamaria foi sua substituta e deu conta do recado. Tanto que ganhou o troféu VivaVôlei como a melhor em quadra. “Nunca é fácil substituir uma atleta como a Tandara, mas as meninas me deram muita força e deu tudo certo. Treino para estar sempre à disposição do técnico e quando surge a oportunidade é importante corresponder”, completa.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x