Search
Saturday 28 November 2020
  • :
  • :

Vôlei Amil vence o Sesi-SP em partida de cinco sets

Foto: Felipe Christ/Vôlei Amil

O jogo foi disputado, equilibrado e, no final, melhor para o Vôlei Amil (SP), que venceu o Sesi-SP por 3 sets a 2 (25-23, 12-21, 21-19, 17-21 e 15-12), em 2h26 de jogo realizado nesta terça-feira (03/12), na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP). O confronto valeu pela sétima rodada do primeiro turno da Superliga feminina de vôlei 13/14.

O Vôlei Amil abriu o placar do jogo com a oposto Tandara. O Sesi-SP respondeu com a central Bia. Contando com erros do adversário, as donas da casa abriram dois de vantagem: 6-4. No ace da levantadora Claudinha, o Amil empatou em 8-8. O time da capital paulista voltou a abrir, desta vez quatro (12-8), e o técnico do Vôlei Amil, José Roberto Guimarães, pediu tempo. E, mais uma vez, o time de Campinas empatou: 13-13. O set seguiu equilibrado, com um novo empate em 17 pontos. Na reta final, Teny entrou para sacar e ajudou o Vôlei Amil a abrir 20-17. Mas o Sesi-SP se recuperou e, em bom momento de Suele, empatou em 20 pontos e virou em 21-20. O final do set foi bastante disputado e o Vôlei Amil fechou em 25-23.

O time de Zé Roberto Guimarães entrou melhor na segunda parcial e abriu 4-2. Mas, assim como no primeiro set, o equilíbrio prevaleceu e o Sesi-SP empatou em quatro pontos e virou o jogo em 5-4. Em um lindo lance de Dani Lins, que viu um espaço vazio no fundo da quadra e, de toque, fez 11-6 para o Sesi-SP. A equipe dirigida pelo técnico Talmo seguiu bem no set e abriu cinco pontos em 14-9. A vantagem do time paulistano passou a ser de sete pontos em 16-9. Zé Roberto tentou mexer, fez a inversão, mas o Sesi-SP seguiu melhor e, com a oposto Ivna, venceu por 21-12.

O terceiro set começou disputado, com as equipes trocando pontos. Com a ponteira Natália, o Vôlei Amil empatou em 5-5. O time da casa passou a pontuar mais e, quando fez 10-7, o técnico Zé Roberto parou o jogo. O Sesi-SP seguiu melhor, mas, no erro do adversário, o Vôlei Amil diminuiu a diferença para um ponto (16-15). No bloqueio de Tandara, o marcador ficou igual em 16 pontos. A equipe de Campinas assumiu o comando do jogo e, em um momento nervoso, com cartão vermelho para o Sesi-SP, fez 19-16. A reta final do set foi tensa e, com Tandara, o Vôlei Amil fez 21-19.

O primeiro ponto do quarto set foi do time de Campinas com Natália. O Vôlei Amil seguiu melhor e abriu 3-0. O Sesi-SP mais uma vez não permitiu que o adversário abrisse grande vantagem e passou a frente no placar em 5-4. No ace de Dani Lins, o Sesi-SP fez 10-7. A levantadora do time paulistano apareceu bem com uma bola de segunda e colocou sua equipe em 16-13. Quando o Sesi fez 18-15, Zé Roberto pediu tempo. A parada não surtiu o efeito desejado pelo treinador e, no bloqueio, o time da capital paulista fechou em 21-17.

O Sesi-SP abriu o placar do set decisivo. O time da casa seguiu bem e, no erro do Vôlei Amil, abriu dois de vantagem: 5-3. No bloqueio de Dani Lins, o Sesi-SP fez 6-3 e forçou o técnico adversário a pedir tempo. Com mais um ponto de bloqueio, o time da capital paulista ampliou a diferença (7-3). Mas o Vôlei Amil não desistiu e, com Carol Gattaz, empatou o jogo em 7-7. O final do set foi emocionante. Quando o placar apontava 11-10 para o Vôlei Amil, Natália sofrei uma lesão no tornozelo e foi substituída por Rosamaria. A parada não atrapalhou o time de Campinas, que, na sequência, conseguiu um ace com Ju Nogueira. O Vôlei Amil seguiu melhor e venceu o set por 15-12.

A ponteira do time vencedor, Tandara, foi o grande destaque da partida. A atacante marcou 27 pontos, teve atuação de gala sendo a maior pontuadora e, ainda, foi eleita a melhor jogadora da partida. Com o Troféu VivaVôlei em mãos, Tandara falou sobre um dos pontos positivos do seu time nesta noite.

“A diferença que contou a nosso favor, hoje, foi a nossa paciência. Eu até perdi em alguns momentos, quando quis rodar bola de qualquer forma, mas acho que no final isso prevaleceu. Nós soubemos trabalhar bem o nosso ataque e isso foi importante para conseguirmos a vitória”, comentou Tandara.

O técnico do Vôlei Amil, o consagrado José Roberto Guimarães, foi crítico ao comentar sobre o confronto desta terça-feira. “Particularmente, achei que o jogo não foi muito bom tecnicamente. Foram muitos erros dos dois lados e não foi um jogo bonito de se ver. Mas o que definiu foi o momento final, principalmente no tie break. Nós perdemos a Natália no momento crucial do jogo, mas as jogadoras que entraram foram muito bem. Foi importante ver que o time se juntou nos momentos de dificuldades”, comentou Zé Roberto.

Pelo lado do Sesi-SP, a líbero Suelen elogiou a condição do campeonato nesta edição 13/14. “O nível está muito alto nessa Superliga e temos que entrar com muita concentração do inicio ao fim. Nossa equipe perdeu nos detalhes, principalmente agora, no último set, quando foi 15/12. Foram pontos mínimos que não podem acontecer no início do set”, destacou Suelen.

O Sesi-SP volta à quadra para enfrentar o atual campeão da Superliga, Molico/Nestlé (SP), na próxima sexta-feira (06/12), às 19h30, no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). O Vôlei Amil volta para Campinas (SP), onde receberá o Barueri (SP), no mesmo dia e no mesmo horário, na Arena Amil.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x