Search
Tuesday 24 November 2020
  • :
  • :

Vôlei Amil vence Sesi-SP e toma posição do rival na tabela

Foto: Felipe Christ/Vôlei Amil

 Num dos melhores e mais disputados jogos da Superliga feminina 12/13, o Vôlei Amil (SP) derrotou o Sesi-SP por 3 sets a 2, parciais de 25-17, 23-25, 15-25, 25-23 e 15-13, e tirou a quarta colocação do adversário na tabela. A partida, válida pela quarta rodada do returno, foi disputada na Arena Amil, em Campinas (SP), e teve a longa duração de 2h37.

O placar foi exatamente o mesmo da partida entre as duas equipes no primeiro turno, em São Paulo (SP), onde o time campineiro também venceu no tie break. Na classificação geral, as duas equipes somam 25 pontos, mas o Vôlei Amil tem nove vitórias e quatro derrotas, enquanto o Sesi-SP venceu oito e perdeu cinco, caindo para o quinto lugar.

Para delírio da torcida, que lotou a Arena Amil, a líbero Suelen ganhou o troféu VivaVôlei como melhor jogadora em quadra, tudo graças às inúmeras e difíceis defesas que fez na partida. “Hoje, sei que não fui feliz no passe, mas busquei contribuir na defesa. E estou aqui para tomar bolada mesmo. A torcida gosta disso, dessa entrega. E na maioria das bolas que peguei, ainda fizemos o ponto no contra-ataque, o que faz os torcedores vibrarem ainda mais”, desabafou Suelen.

A maior pontuadora do duelo foi Tandara, do Sesi-SP, com 28 pontos. Mas a boa fase da ponteira, com ataques potentes, não foi o suficiente para sua equipe deixar Campinas com a vitória, que manteria a equipe entre as quatro melhores da Superliga. “O primeiro set foi bem difícil, recuperamos nos dois seguintes, mas a vitória não veio nem no quarto nem no tie break. Vamos trabalhar para melhorar. O Sesi está crescendo na competição e cada ponto é muito importante para nós, o que nos escapou hoje”, declarou Tandara.

O Vôlei Amil começou o jogo empurrado pela empolgação de sua torcida, que lotou o ginásio. Em um jogo recheado de campeãs olímpicas, as do time de Campinas foram as que deram as cartas primeiro. Com boa variação de jogo, a levantadora Fernandinha fez o time rodar. No segundo tempo técnico, a vantagem já era de 16 a 12. No fim, José Roberto Guimarães optou por colocar Rosane, sua terceira levantadora, para sacar. Numa boa sequência, o time abriu ainda mais e, num ataque de Vasileva atrás da linha dos três, fechou em 25 a 17.

No segundo set, o jogo mudou de figura. Com Tandara inspirada, e batendo forte, o Sesi comandou o placar. Depois de virar atrás no primeiro tempo técnico (7 a 8), o bloqueio começou a funcionar, com Bia e Fabiana, e o time abriu. Chegou a fazer 18 a 10. Mas uma bola que Pri Daroit pegou de calcanhar, meio que sem querer, acordou o Vôlei Amil e sua torcida. A equipe encostou (22 a 23), com boa sequência de Priscila Heldes no saque, mas o time visitante acabou fechando em 25 a 23, empatando a partida.

Com um maior volume de jogo, no embalo da vitória no segundo set, o Sesi não tomou conhecimento das donas da casa no set seguinte. Com poucos erros, forçando o saque e bem no bloqueio, o time de Talmo de Oliveira deslanchou a partir do primeiro tempo técnico, quando perdia por 8 a 7. Chegou a abrir sete pontos de frente (18 a 11). Zé Roberto mexeu várias vezes para tentar encontrar uma solução, mas não teve jeito. O Sesi continuou abrindo e, num saque para fora de Pri Daroit, fechou o set em 25 a 15.

No set mais equilibrado da partida, disputado ponto a ponto até o segundo tempo técnico, momento em que o Vôlei Amil abriu 16 a 13. E chegou a fazer 18 a 14. Foi quando o Sesi, numa passagem espetacular de Fabiana no saque, virou para 19 a 18. Era impossível saber se o jogo terminaria ou se o time da casa conseguiria levar para o tie break. E foi isto que acabou acontecendo. Numa bola em que Dani Lins e Jéssica se enrolaram, após grande recuperação de Tandara, o Vôlei Amil fechou em 25 a 23.

No jogo de nervos do tie break, ponto lá e cá até o Vôlei Amil abrir uma diferença de três pontos: 11 a 8, numa pancada da búlgara Vasileva. O Sesi reagiu, encostou, mas, num erro de saque de Bia num momento crucial, o time da casa fez 14 a 12. E num outro erro de saque, desta vez de Carol Albuquerque, a equipe campineira fechou o set em 15 a 13 e o jogo em 3 sets a 2.

VÔLEI AMIL: Fernandinha, Daymi Ramirez, Pri Daroit, Vasileva, Walewska e Andressa. Líbero: Suelen Entraram: Rosane, Rosamaria, Natasha, Priscila Heldes e Renata Técnico: José Roberto Guimarães

SESI-SP: Dani Lins, Elisângela, Tandara, Sassá, Fabiana e Bia. Líbero: Verê Entraram: Roberta, Juliana, Carol Albuquerque e Jéssica Técnico: Talmo de Oliveira

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x