Search
Sunday 25 October 2020
  • :
  • :

Vôlei de praia: Brasileiros começam bem no Grand Slam de Moscou

Campeões olímpicos de 2004 começaram bem a disputa (Foto: Divulgação/FIVB)

Campeões olímpicos de 2004 começaram bem a disputa (Foto: Divulgação/FIVB)

As duplas brasileiras começaram muito bem o Grand Slam de Moscou no torneio masculino, nesta quarta-feira (27). Ao todo, foram três vitórias em quatro jogos, sendo que o único revés aconteceu justamente no confronto entre dois times do Brasil. Alison/Bruno Schmidt, Evandro/Pedro Solberg e Ricardo/Emanuel largaram com vitória, enquanto Álvaro Filho/Vitor Felipe perderam para os campeões olímpicos de 2004.

Todos os times brasileiros voltam à quadra nesta quinta-feira (28), quando serão disputados mais dois jogos da fase de grupos. A repescagem e as oitavas de final ocorrem na sexta-feira (29), enquanto quartas e semifinais serão no sábado (30). A final e disputa de bronze estão reservadas para o domingo (31). As partidas das quadras 1 e 2 podem ser assistidas no link laola1.tv/de-at/home/0.html.

Alison e Bruno Schmidt foram os primeiros brasileiros a entrarem em quadra. Eles estrearam no Circuito Mundial 2015 com uma partida dura, mas vencendo os italianos Ranghieri/Carambula por 2 sets a 0 (33-31, 23-21), em 51 minutos de partida. Eles aparecem na segunda posição do grupo B, perdendo a liderança nos critérios de desempate.

Alison e Bruno voltam à quadra nesta quinta para encarar os franceses Youssef Krou e Edouard Rowlandson, e os canadenses Josh Binstock e Sam Schachter. Será o primeiro da dupla brasileira confronto contra os dois times.

No grupo D, um duelo brasileiro logo na primeira partida. Ricardo e Emanuel derrotaram Álvaro Filho/Vitor Felipe de virada, por 2 sets a 1 (19-21, 21-19 e 15-10), em 57 minutos de jogo, assumindo a liderança da chave. Nesta quinta, Ricardo/Emanuel encaram os poloneses Kosiak/Rudol e os norte-americanos Theo Brunner e Nick Lucena, mesmos adversários de Álvaro e Vitor Felipe na rodada.

Campeões do Desafio Melhores do Mundo: Brasil x EUA, Evandro e Pedro Solberg também começaram com o pé direito. Vitória sobre os primos chilenos Esteban e Marco Grimalt, comandados pelo ex-jogador brasileiro Eduardo Garrido, por 2 sets a 1 (21-18, 19-21, 15-08), em 52 minutos de jogo.

Líderes do grupo G, eles encarram a primeira fase contra dois times italianos: os gêmeos Matteo e Paolo Ingrosso, e Daniele Lupo e Paolo Nicolai, comandados por outro ex-jogador brasileiro, Paulão, primo do campeão olímpico Ricardo.

Em 2015, o calendário do Circuito Mundial prevê cinco Grand Slams, três Major Series, dez Opens, o Campeonato Mundial e o World Tour Finals, que reunirá apenas os oito melhores times da temporada de cada gênero. Cada torneio possui pontuação e premiação distintas, mas serão distribuídos ao todo mais de 9,6 milhões de dólares.

Moscou já foi sede de nove etapas do Circuito Mundial e, desde 2008, recebe um Grand Slam por temporada. O Brasil lidera o quadro de medalhas na Rússia, que também já contou ao longo dos anos com etapas em São Petersburgo e Anapa. São 15 medalhas entre os homens (seis de ouro, quatro de prata e cinco bronzes) e 14 entre as mulheres (cinco de ouro, cinco de prata e quatro de bronze).

Os times vencedores da etapa de Moscou nos dois gêneros somam 800 pontos no ranking do Circuito Mundial e garantem um prêmio de 57 mil dólares. Ao todo, 400 mil dólares são distribuídos aos atletas. Logo após Moscou, ocorre o Major Series de Porec, na Croácia, de 2 a 6 de junho.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x