Search
Saturday 31 October 2020
  • :
  • :

Vôlei Nestlé atropela Terracap/Brasília e é o primeiro semifinalista da Superliga

Crédito: João Pires/Fotojump

Crédito: João Pires/Fotojump

 

A série disputada entre Vôlei NestléTerracap/Brasília, pelas quartas de final da Superliga feminina, encontrou um time de Osasco disposto a esquecer o voleibol oscilante da fase classificatória. Na noite desta segunda-feira, as vice-campeãs da temporada passada não tomaram conhecimento do time de Brasília nem da torcida que encheu o Ginásio do Sesi Taguatinga, no Distrito Federal, e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25-18, 25-18, 25-14. Nas semifinais, o Nestlé enfrenta o vencedor do duelo entre Rexona-AdeS e Pinheiros/Klar.

 

Mais do que na repetição do placar da primeira partida, a superioridade da equipe paulista se reflete no fato de que, nos seis sets disputados na série, só em um deles, num 25-21, o Terracap/Brasília chegou a 20 ou mais pontos. Do time brasiliense, ficaram boas marcas da primeira fase, como um quinto lugar obtido, uma campanha com mais mais vitórias do que derrotas, uma Paula que recordou os bons tempos, uma Macris que se candidata a uma vaga no time olímpico.

 

Thaísa, com 80% de eficiência no ataque, foi a maior pontuadora do jogo e ganhadora do VivaVôlei. Ela marcou 15 pontos, sendo 12 no ataque e três no bloqueio. A ponteira cubana Carcaces, com 12 pontos, foi a segunda anotadora do Nestlé. No Brasília, a oposta Domingas saiu do banco de reservas para marcar dez pontos e ser a principal pontuadora do time. Fundamento a fundamento, a vantagem foi inteiramente do time de Osasco, com 46 a 33 nos pontos de ataque, 9 a 5 no bloqueio, 2 a 0 em aces, e 13 erros cometidos contra 18 das anfitriãs.

 

Rexona-AdeS e Pinheiros/Klar se enfrentam pelo jogo 2, na terça-feira, às 19h. As cariocas tem 1 a 0 no confronto.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
3 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Junior

Creio que a Macris não será a levantadora escolhida para ir às Olimpíadas, caso a Fabíola não consiga se recuperar. Acho que a Claudinha do Praia merece uma outra chance, pq ela tá jogando demais, com uma distribuição muito inteligente, ontem ela deixou as atacantes do Praia várias vezes sozinhas no ataque. Claudinha é muito melhor que Macris. Do time de Brasília merece destaque a incasável Paula Pequeno, mesmo com um time meia boca, mostrou que ainda pode render muito. Gostaria muito de ver ela na seleção novamente, seria uma grata surpresa. Acho ela melhor do que a Gabi do… Ler mais »

Junior

Como esse time do Brasília é fraco!!! A impressão que se passou é q a oposta Bárbara estava com preguiça de jogar e a Macris não foi bem. Mérito do Osasco que jogou demais. Thaísa fez uma de suas melhores partidas na temporada e Dani Lins distribuiu bem as jogadas.

Will Lopes

A Thaísa atacou muito. E a Carcaces fez novamente uma excelente partida. Só não gostei de ver Ivna de titular. Brait defendeu muito. Adorei ver a garra da menina Domingas deu gosto de ver. Agora é esperar por Rexona

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x