Search
Tuesday 11 May 2021
  • :
  • :

Vôlei Renata contrata o líbero Alexandre Elias

Fotos: Juliana Kageyama

O Vôlei Renata está de líbero novo para a temporada 2021/2022. Alexandre Elias, o Alê, destaque da última Superliga Masculina e recém-convocado para a Seleção Brasileira, vestirá o uniforme especial da Unimed Campinas e será o comandante da defesa do time campineiro. Ele é o segundo reforço do projeto, que contratou o oposto Evandro e renovou com os levantadores Cristiano e González, o ponteiro Temponi e o central Barreto.

Com 23 anos, Alexandre começou a carreira como ponteiro em clubes do Rio de Janeiro, seu estado natal. Depois de atuar por quatro temporadas no extinto Sesc-RJ, o líbero teve sua primeira experiência como titular atuando pelo Vedacit/Guarulhos, na última temporada. Ele terminou como um dos principais jogadores do torneio em sua posição e fechou a Superliga como segundo melhor passador, com 75% de perfeição no fundamento.

“Chego ao Vôlei Renata com a maior motivação possível. Com o elenco que vamos ter e com as pessoas que gerem o projeto, tenho certeza que brigaremos pelo título em todos os campeonatos que disputarmos. Fico feliz em ter feito uma Superliga regular. Evolui bastante nos treinamentos e ganhei confiança dentro dos jogos. Para minha primeira temporada jogando efetivamente, o saldo foi positivo”, comenta o novo líbero campineiro.

“O Alexandre é um garoto que tem evoluído nos últimos anos e vai seguir crescendo com a gente. Ele fez uma excelente Superliga, mostrou personalidade e talento, características importantes para um líbero. Tenho certeza que ele vai acrescentar muito ao nosso time, não só na quadra, mas também no dia-dia, porque temos ótimas referências dele”, analisa André Heller, coordenador técnico do Vôlei Renata.

As boas atuações na Superliga renderam um convite para Alexandre treinar com a Seleção Brasileira, em Saquarema. Foi a primeira vez que o líbero foi chamado para treinar com o elenco adulto. Pelas categorias de base, ele tem passagem de destaques pelos times infanto e juvenil do Brasil, sendo eleito o melhor de sua posição no Sul-Americano sub-21, de 2016, e no Mundial sub-19, de 2015.

“Disputei campeonatos com as seleções de base, sul-americanos e mundiais, então ter essa primeira oportunidade na seleção principal foi um momento muito especial, pois passa um filme na cabeça. Vou continuar trabalhando para voltar a ser convocado e vestir a amarelinha novamente”, acrescenta o jogador.

Alexandre chega ao Vôlei Renata motivado e animado para conhecer a torcida campineira.

“O Vôlei Renata é um projeto bastante consolidado que a cada ano vem evoluindo tanto dentro quanto fora das quadras, com uma torcida bastante apaixonada, apoiando e empurrando o time a cada jogo. Se tudo der certo ao longo dos próximos meses, espero ver em breve essa torcida nas arquibancadas”, encerra o líbero.




Translate »