Search
Thursday 3 December 2020
  • :
  • :

Zé Roberto e Luizomar comentam o jogo em Campinas

Foto: Felipe Christ/Amil

Ainda não se pode falar em rivalidade, mas já é um clássico Paulista. De um lado o atual campeão Mundial recheado de campeãs olímpicas, o Sollys/Nestlé, do outro lado um time novo, mesclado entre experiência e apostas, o Vôlei Amil. Se no primeiro turno, o time campineiro levou a melhor na casa do Sollys, foi a vez do time de Osasco fazer a festa na Arena Amil. Veja todos os detalhes e números do confronto clicando aqui.

Para o técnico do Amil, José Roberto, o Sollys jogou mais e mereceu o resultado. “Nós ainda precisamos melhorar nosso bloqueio e defesa para equilibrar as ações em quadra contra times de maior qualidade. E isso é o mais importante, que o nosso time evolua para os playoffs”, disse. “Se durante os pontos decisivos nós não tivermos o raciocínio rápido, fica complicado. Tem bolas que não podem cair. Acho que o nosso time não teve agressividade para jogar no ataque e também no bloqueio, coisa que sobrou para o Osasco”, concluiu.

A central Walewska, líder da equipe da casa e que nesta terça-feira fez nove pontos, entende que é preciso `aprender a jogar contra equipes como a de Osasco`. “Em situações como o terceiro set, por exemplo, jogamos bem até o oitavo ponto e precisamos aprender a seguir bem depois do oitavo ponto. Mas, apesar de termos nos preparado bem, erramos muito”, afirmou.

Já o comandante do Sollys enalteceu a conquista. “Conquistamos uma vitória importante e saio daqui feliz com os três pontos, principalmente pela atuação que tivemos. Agora temos toda a equipe titular à disposição e temos duas metas: primeiro a vitória e depois a evolução a cada partida. O Sollys/Nestlé deixa Campinas com as duas metas cumpridas, já que ganhamos os três pontos e com a equipe evoluindo um pouco mais com relação a última sexta-feira”, destacou Luizomar de Moura, que elogiou as entradas de Ivna e Karine durante o jogo. “Novamente tivemos entradas importantes das meninas do banco no segundo set. A Ivna e Karine entraram em momento decisivo no segundo set e tiveram atuação determinante. Esse comprometimento tem que ser a marca do Sollys/Nestlé neste segundo turno”, concluiu o treinador.

“Esse jogo marca uma nova fase do Osasco. Estou muito feliz com a minha atuação e também da minha equipe. Uma vitória por 3 a 0 sobre Campinas mostra que o time está no caminho certo. A gente não pode desistir nunca. A tranquilidade é importante para reverter situações adversas. E foi o que fizemos nesta noite”, comemorou Fê Garay, eleita a melhor em quadra.

 

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x